Missão One-post para Laura Beauté - O Confronto contra Aéras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Missão One-post para Laura Beauté - O Confronto contra Aéras

Mensagem por Convidad em Sab Mar 02, 2013 6:43 pm

Depois de Págos pensei que estaria livre dos dragões, mas assim como os elementos naturais, os dragões guardiões dos amuletos também eram quatro. Britany Angelin destruíra um, agora era a vez de Laura Beauté, uma semideusa filha de Afrodite destruir outro. Dessa vez os efeitos colaterais eram um pouco diferentes, ao invés de os relógios pararem de funcionar, foram as estações que pararam. Agora, no sul da França era SEMPRE inverno.
No alto da torre do relógio o dragão dormia com o Amuleto do Ar pendurado em seu pescoço.

- * _ * -

Sozinha em seu chalé, Laura terminava de arrumar sua cama; era estranho que a deusa donzela fosse pedir ajuda a uma filha de Afrodite, mas talvez por esse exato motivo ela tivesse sido escolhida. O coração do dragão era frio como o vento frio que ele provocava por todo o sul da França, e uma filha da deusa do amor seria perfeita para derreter toda essa frieza.

- Laura Beauté - murmurei em uma voz de sinos -, tenho uma missão para você! - Disse um pouco sem jeito e senti que minha imagem começava a tremeluzir. - Preciso ser rápida... Na França, seu país natal, existe uma cidade onde é sempre inverno; isso se deve ao fato de um dragão estar alojado no edifício mais alto dessa cidade portando o Amuleto do Ar; esse amuleto afeta o clima e por esse motivo é sempre inverno. O que você deve fazer é ir até lá, invadir o edifício, lutar contra os guardiões do dragão e me trazer o amuleto de volta. Acha que pode fazer isso para mim, minha cara semideusa? Se sim, vá para a saída do acampamento às 7 da noite; uma carruagem estará a sua espera.


- Você deve narra como passou pelas harpias, lute com no mínimo 1 delas.
- No edifício deve lutar com pelo menos 5 guardiões, que são semideuses filhos de Éolo.
- Você não precisa necessariamente matar o dragão, mas precisa lutar com ele; quando ele estiver desacordado pode pegar o amuleto.
- Narre como voltou para o acampamento e entregou o amuleto a Ártemis.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão One-post para Laura Beauté - O Confronto contra Aéras

Mensagem por Laura Beauté em Sab Mar 02, 2013 9:27 pm

♥ O Calor Eterno do Amor ♥

Era irônico a deusa que odiava o amor, vim pedir ajuda justamente para a filha da deusa do amor.
- Laura Beauté, tenho uma missão para você – Disse a deusa.
Ela usava roupas comuns de adolescentes e aparentava ter uns 12 anos de idade. Animada digo:
- Que missão?
- Preciso ser rápida... Na França, seu país natal, existe uma cidade onde é sempre inverno; isso se deve ao fato de um dragão estar alojado no edifício mais alto dessa cidade portando o Amuleto do Ar; esse amuleto afeta o clima e por esse motivo é sempre inverno. O que você deve fazer é ir até lá, invadir o edifício, lutar contra os guardiões do dragão e me trazer o amuleto de volta. Acha que pode fazer isso para mim, minha cara semideusa? Se você aceitar, vá para a saída do acampamento às 7 da noite; uma carruagem estará a sua espera.
- Claro que aceito – Falo animada
Após dizer isso a imagem da deusa desapareceu.
Comecei a arrumar minhas coisas, e a cada arma que colocava na mochila me lembrava de alguns momentos felizes que tive na França, após arrumar todos os meus itens vejo o relógio e percebo que ainda era 5 da tarde. Decido me arrumar para missão, tomo um longo banho visto algumas roupas, prendo meu arco e meu tirso nas costas e coloco a mochila. Olho para o relógio e vejo que era 06h50min. Saio do chalé e começo a andar, até que percebi que estava esquecendo de uma coisa, volto correndo abro minha carteira e pego meu cartão de credito.
- Se der tempo acho que Ártemis não vai se importar de eu fazer algumas comprinhas na França.
Vou até a saída do acampamento e vejo que uma linda carruagem prateada estava lá me esperando.
- Me deseje boa sorte mamãe. – Digo baixinho
Subo na carruagem e por magica ela começa a voar.
- Rumo à França! – Disse animada
Após algumas horas viajando a carruagem desce em um beco escuro. A cidade era fria e gelada, mas não era um gelo comum, era um frio que eu nunca havia visto. Começo a tremer de frio e vejo a alguns metros de distancia uma loja que vendia casacos.
Entro na loja, o vendedor era um típico francês com um sorriso no rosto ele fala:
- Bonjour Mlle.
- Bonjour. – Digo sorridente
Começo a olhar os casacos e boinas, após alguns minutos olhando as roupas finalmente acho que algumas peças de roupa que eu gostei, após comprar visto meu casaco novo e minha boina. O vendedor olha pra mim e diz:
- Mlle Beute, o que você fez aqui em nossa cidade?
- Vim passar as férias nessa cidade.
-Tenha cuidado Mlle Beute, a nossa cidade está passando por um grande frio.
Saio da loja e começo a andar, após alguns minutos caminhando vi no horizonte um grande prédio rodeado por nuvens negras e frias.
Pego um taxi e digo ao motorista:
-Aller à Ce bâtiment ET rapide
O motorista começou a correr. E em alguns minutos já estavamos na porta do prédio do relogio .
- É agora – Digo a mim mesma.
O prédio parecia normal, havia apenas alguns vigias dentro e ao redor dele.
- Estamos fechados garotinha!
Com um olhar meigo e inocente encaro o vigia e digo:
- Meu pai está no prédio, ele pediu para eu encontrar ele no topo.
Ele começou a olhar, e apos alguns segundos me encarando ele finalmente disse:
- Pode subir!
Entro no elevador e aperto para subir no ultimo andar. Finalmente as portas se abrem e eu desço do elevador, e vejo que aquele não era o ultimo andar. Vejo uma escada no final do corredor, e em frente dela estavam três sujeitos a guardando.
-Você é muito corajosa em vim aqui semideusa.
Sem pensar transformo minha pulseira em minha espada e digo:
- Quem são vocês?
- Somos a ultima coisa que você verá!
Uma dela dispara em minha direção e arranha meu braço, dou um grito de dor e tento acerta-la com minha espada. Ela levanta voo e me ataca com suas grandes garras. Consigo me esquivar e acertar minha espada em seu coração.
- Laura, mantenha o foco! – Disse uma voz em minha cabeça
As duas harpias pulam em minha direção, uso minha energia e convoco duas amazonas para cuidar das harpias.
As harpias lutam contra elas e eu aproveito para subir as escadas, após subir me deparo com outro corredor escuro, esse era mais gelado e frio.
Havia cinco meninos lindos usando armaduras gregas completas com espadas e lanças presas em suas costas e seus cintos.
- Que linda recepção! – Digo
Eu sabia que devia usar todo o meu charme e sedução para derrotar os cinco semideuses.
- Quem se atreve a vim aqui? – Diz um dos guardiões.
Eles me cercaram me fechando em um circulo começaram a me encarar.
- Calma meninos. – Digo
- Responda a pergunta rápido!
- Sou Laura
- E o que faz aqui? – Disse outro guardião
- Vim fazer uma pequena visita!
Começo a piscar os olhos, usando todo meu charme para os distrai-los. Por fim digo inocentemente:
- Vocês vão me matar?
- Claro que sim! – Disse o guardião mais velhos.
O encaro e digo:
-Tem certeza?
Me aproximo e o beijo, ele não resistiu e me beijou. Me concentro enquanto o beijo e aumento a minha fragrância, fazendo que todos eles sintam uma grande luxuria e paixão. Eu conseguia ver perfeitamente seus sentimentos e vi que todos eles estavam começando a ficar apaixonados. Depois de um longo beijo faço:
- Quem é o próximo?
Todos levantam e mão e começam a brigar entre sim. Sem eles perceberem pego minha espada. Um deles percebe e segura à mão que eu segurava a espada.
- O que pensa que está fazendo? – Diz ele.
Os outros percebem meu plano e param de brigar.
- Achou que seria tão fácil?
Dois guardiões seguravam minha mão. Eles seguravam com força para evitar que eu escapasse me concentro e uso toda a minha força para escapar. Consigo derrubar os dois deles, pego novamente minha espada e ataco o terceiro deles. Um quarto me empurrou ainda caída no chão, o encaro com um olhar sexy e ele fica imóvel. Aproveito a chance e pulo em cima dele o jogando no chão.
- Você pode ter se livrado dos meus irmãos semideusa, mas eu não sou tão fácil de derrotar. – Diz o quinto guardião
Ele era lindo, a sua armadura brilhava cada vez que se movia. Seus olhos eram negros iguais os seus cabelos. Fecho o meu punho e invoco cinco gatinhos para ataca-lo. Ele se distrai e invoca um poderoso vento que empurra os gatinhos para longe, quando ele finalmente consegue recuperar a visão eu já estava na frente da porta, eu olho para e mando um beijo que iria deixa-lo imóvel.
- Me liga um dia desses! Eu falo
Entro na porta e a tranco por dentro, começo a correr enquanto subo as escadas.
Finalmente chego no terraço, o frio era muito grande, começo a tremer de frio e logo vejo um grande dragão usando uma corrente com um pingente de tornado.
Suavemente caminho em direção ao dragão, quando chego bem perto dele ele acorda. Ele dá um grito e tenta me acertar com sua pata. Consigo me esquivar, ele se prepara e cospe uma espécie de fogo branco, quando o fogo tocava no piso o piso congelava. Me esquivo de seu ataque e uso minha energia para tentar ataca-lo com minha espada, sem fazer nenhum esforço ele me ataca me jogando no chão. Tive uma ideia, começo a correr rapidamente e a cada movimento tocava no chão criando rosas, após ter um numero considerável de rosas ordeno que suas pétalas se desprendam e voem em direção ao dragão, o dragão ficou confuso com a chuva de pétalas, e aquele era a oportunidade que precisava, dragão estava distraído de mais para desviar de algum ataque meu. Pego meu arco e atiro uma flecha nele, a primeira flecha o deixou meio tonto. O dragão parecia que havia ficado bêbado, me concentro e dessa vez crio uma flecha de energia amorosa e o acerto. O dragão desmaia, ainda não havia terminado. Me aproximo dele, ainda com a espada na mão e tiro o seu amuleto. Eu o coloco no meu pescoço.
- Você achou que ia ser tão fácil? – Diz uma voz atrás de mim
Me viro e vejo que era aquele guardião que eu havia mandado o beijo. Ele estava com uma lança em suas mãos.
- Eu não quero ti machucar gatinho! – Digo a ele
Ele se vira e tenta me acetar, me esquivo sem dificuldades e o desarmo, preparo minha espada e o derrubo no chão.
Percebo que ele estava muito assustado, também vejo que ele não era mal. Guardo minha espada e o ajudo a levantar.
- Por que você não me matou? – Disse ele desconfiado
- Por que vi que você não é mal e estava com mais medo que eu.
Ele me abraça e diz:
- Obrigado, por você sabe...
- Não ti matar? – Perguntei
Ele deu uma risadinha e disse:
- Se você precisar de qualquer coisa é só me pedir.
Sei pensar eu pergunto:
- Você teria como me ajudar a voltar a Long Island?
- Claro! – Disse ele sorridente.
Ele tirou uma chave do bolso e apertou o botão do alarme, e instantaneamente a chave se transformou em uma carruagem igual a que Ártemis me enviara antes.
Eu o abraço e digo:
- Obrigada!
Ele sorri, eu subo na carruagem e aceno para ele, e mando outro beijo dessa vez sem nenhum tipo de encantamento.
- Me liga, viu? – Disse
Ele acena e diz:
- Você só ganhou de mim, por que deixei!
Dou uma leve risada e a carruagem começa a voar, e em algumas horas estava novamente no acampamento. Quando a carruagem desce eu vejo Ártemis, ali parada me esperando.
Entrego o amuleto a ela e espero uma resposta.

Poderes Usados
Spoiler:
♥Beleza
avassaladora: Os meus filhos tem uma beleza que preenche todos os
quesitos de agradável, sensual, bela, estonteante entre outros. Não há
um ser no mundo que não ache os filhos de Afrodite belos e encantadores.
♥Perícia
com arco-e-flecha: Não melhor que os filhos de Apollo e as caçadoras,
os filhos de Afrodite possuem uma boa habilidade com o manejo de
arco-e-flecha.

Nível 3

♥Fluência em francês: Desde cedo sabe falar francês, mesmo sem ter aprendido diretamente.
♥Beleza
inocente: Os filhos de Afrodite podem parecer os mais inocentes
possível, mesmo não sendo, praticamente todos irão acreditar nessa
inocência.♥Criar
rosas: Afrodite por vezes é representada por rosas, seus filhos
conseguem criar rosas de qualquer cor em qualquer superfície.
♥Fragrância:
Os filhos de Afrodite possuem uma fragrância peculiar e sem a
necessidade de perfume, o cheiro muda de pessoa para pessoa, permitindo
que cada um sinta a fragrância que mais gosta, podendo por vezes,
distrair alguém.

Nível 5

♥Passos
suaves: Ao andar os filhos de Afrodite parecem flutuar, não produzem
som algum podendo se aproximar sem serem percebidos.
♥Empatia: Essa
habilidade permite que saiba os que os outros estão sentindo no momento.
Não envolve nenhum tipo de controle, apenas o conhecimento dos
sentimentos do outro.
Nivel 9

♥Beijo do Demônio: Os Filhos de Afrodite podem mandar um beijo corpóreo para alguém que fica paralisado.
♥Flecha
do Amor: Materialize flechas e acerte o inimigo, o efeito será de criar
a ilusão do amor pela primeira coisa que ver além de causar o dano
normal de um ataque de flecha. Em seres realmente maus e das sombras
causam um dano muito grande.
♥Chuva de Pétalas: Depois de criar as rosas, os
filhos de Afrodite conseguem fazer com que as pétalas se soltem da rosa e
voem por todo lado causando distração e atrapalhando a visão do
inimigo.
♥Olhar de Medusa iniciante: Agora o seu olhar é tão fatal quando o da medusa. Basta olhar para o inimigo de um jeito mais sexy, que ele se não terá mais capacidade de se movimentar. E então, você aproveita e ataca. (Funciona apenas com o sexo oposto e para semideuses. Dura uma rodada)
Feromônios Intermediário: Com um domínio
maior sobre esses hormônios, a intensidade aumenta assim como o tamanho
de alcance, podendo deixar um salão lotado afetados pela luxúria e
paixão. Tira completamente a atenção, tem uma duração de 4 turnos.
♥Criar
rosas: Afrodite por vezes é representada por rosas, seus filhos
conseguem criar rosas de qualquer cor em qualquer superfície.
Canto de Guerra – Um chamado de guerra que pode invocar até duas guerreiras amazonas para ti ajudar em batalha, cada guerreira tem 200 de HP.
Agilidade I: Meus filhos se locomovem mais rápido do que os outro semideuses pela afinidade com os felinos, mas não chegam a ser mais rápidos que filhos de Hermes.
Gatos: Você pode invocar cinco gatos para a luta, que pulam em cima do adversário e o arranham, atrapalhando seus movimentos [15MP]

Armas Usadas
Spoiler:
➶ Espada Amazônica – Uma espada feita de ouro imperial abençoada por Marte, quando usada ela fica com um lindo brilho vermelho ela aumenta seu ataque em 10%. Ela é muito poderosa e leve, se transforma em uma pulseira com um pingente em forma de espada.
Arco da loucura: Um arco feito de bronze sagrado, tem uma aljava invisível que aparece quando seu dono precisa, sua flechas são infinitas e podem deixar o inimigo louco ou bêbado, dependo do narrador.(Item Opcional)

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------




            ♥️ Vou mostrar a todos como o amor pode ser desprezível ♥️
♥️ Laura Filha de Afrodite  ♥️
avatar
Laura Beauté
Indefinidos
Indefinidos

Mensagens : 113
Data de inscrição : 20/02/2013
Idade : 20
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do personagem
Level: 23
Energia:
200/200  (200/200)
HP:
200/200  (200/200)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão One-post para Laura Beauté - O Confronto contra Aéras

Mensagem por Convidad em Sab Mar 02, 2013 10:51 pm

Recebo o amuleto das mãos da semideusa e sorrio.
- Bom trabalho, filha de Afrodite.


3 leveis
500 dracmas

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão One-post para Laura Beauté - O Confronto contra Aéras

Mensagem por Convidad em Seg Mar 18, 2013 12:34 pm

Movida para o Tártaro

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão One-post para Laura Beauté - O Confronto contra Aéras

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum