♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Convidad em Ter Jan 22, 2013 6:25 am

Teste para Ceifador de Thanatos

1 - Nome:

2 - Porque quer ser um Ceifador?

3 - O que sabe sobre Thanatos?

OPCIONAL: 4 - Você teme a morte?

5 - Narre uma batalha contra um monstro a sua escolha de no mínimo vinte linhas, vale lembrar que a causa da morte será a que mais influenciará na aprovação ou negação do teste.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Enzo Martinelle em Ter Jan 22, 2013 4:56 pm

1 - Cloud Strife
2 - Por que tenho um certo fascínio pela morte, também por que acredito me encaixar bem no perfil do grupo.
3 - Thanatos, personificação da Morte, irmão gêmeo de Hipnos, filho de Nyx e em algumas versõe' Érebo.
4 - Não temo a morte.
5 - Uma simples manhã de inverno acabou transformando--se em um pesadelo.
Após uma noite de sono conturbada acordei querendo aliviar minha cabeça, decidi dar um passeio pela floresta isso sempre me ajudava a pensar melhor. Estava um pouco frio, vestir uma roupa apropriada e saí do chalé, caminhei calmamente em direção a floresta, ao contrário dos outros campista eu não tinha medo de entrar no local, me sentia a vontade lá.
Floresta a dentro os sons se tornavam mais estranhos, os monstros que ali se escondiam provavelmente já planejavam me atacar, o que não seria novidade.
Mantive a calma e continuei a caminhar, encontrei uma clareira onde havia centenas de flores, me sentei encostado em um velho carvalho, mesmo com o frio uma pouco de sol brilhava, fiquei ali, admirando a paisagem. Eis que ouvi um som de galho se quebrando, levantei rapidamente e invoquei minhas espadas gêmeas que se materializaram em minhas mãos.
Entre todos os monstros que eu achei possível me atacar venho logo o mais improvável, um cão infernal, aquela criatura não poderia estar ali, a barreira mágica do acampamento a impediria de entrar, a não ser que tivesse escapado da arena ou que tivesse sido invocado por alguém.
Não quis saber o motivo, simplesmente fiquei em posição, pronto para encarar a fera. O cão me fitava, rosnando, seus olhos vermelhos brilhavam intensamente. Lentamente comecei a voltar para a floresta sem dar as costas para o cão, uma luta em campo aberto não me parecia a melhor opção agora. O cão deu um passo em minha direção, continuei de olho nele até estar pronto, olhei para trás rapidamente, as árvores estavam bem próximas, isso era ótimo. Lancei uma esfera de energia temporal que atingiu a cara do monstro e comecei a correr pela floresta. Fiz as espadas sumirem para não me atrapalhar, corri entre as árvores com o Cão no meu encalço, ele estava cada vez mais próximo. Dei um salto e me segurei no galho de uma árvore, quando fiquei a cima do monstro me soltei, caindo em suas costas.
Tentei me segurar mas estava difícil, invoquei um das minhas espadas para tentar matá-lo com rapidez mas sempre que tentava dar o golpe o monstro se balançava, sem falar que ainda estava correndo, não tendo nenhuma estabilidade.
Consegui lhe acertar um golpe no ombro direito com muita dificuldade mas o ferimento não foi muito grande, acabei caindo de cima da fera que também foi parar no chão, mas ao contrário de mim ele se recuperou rápido e ja estava em cima de mim antes que eu conseguisse se quer me sentar. Coloquei a espada na frente da boca da fera que ao morder a lâmina da arma ganiu e se afastou. Invoquei a outra espada assim que me levantei, a boca do cão sangrava bastante, ele tentou saltar sobre mim, rolei para o lado a tempo, deixando que o monstro se chocasse contra uma árvore. Girei as espadas, o cão estava completamente confuso com a pancada, investi contra ele, lhe fiz dois cortes simultâneos em suas costelas, dois dois passos atrás e me mantive novamente em posição.
O monstro sumiu, não sabia o por que e nem como, mas de um segundo para o outro ele já não estava mais lá, fiquei atento, nenhum som, o que era mais estranho. Julguei a batalha terminada mas continuei com as espadas, senti algo quente percorrer meu braço esquerdo, quando percebi havia um corte e a coisa quente era o meu sangue que já estava pingando pela minha mão. Comecei a sentir a dor do ferimento, rasguei uma tira da minha camiseta e amarrei por cima do machucado, tentei ignora a sensação e me manter atento.
Comecei a caminhar de volta para o acampamento, estava um pouco longe mas se não tivesse nenhum outro monstro chegaria logo. Mais uma vez ouvi sons estranhos, parei um pouco, o barulho vinha de trás de mim, quase que tarde de mais consegui me esquivar. O cão tentou outro ataque, foi aí que me lembrei que eles conseguiam viajar nas sombras.
Respirei fundo, ele me olhou furioso, o saque escórias de sua boca junto com a baba.
- Hora de acabar com isso! - falei para mim mesmo. Ele correu até mim na tentativa de matar, deixei a espada que estava na minha mão esquerda sumir e apontei para o monstro, uma esfera surgiu e foi atirada contra ele, aceitei seus olhos. Aproveitei o momento de distração da fera e também ataquei, quando seus olhos estavam fechados dei um salto pelo seu lado e cravei a espada em sua cabeça, ele caiu no chão no mesmo instante e virou pó.
Ofegante, olhei os restos do monstro com desprezo, a espada desapareceu de minhas mãos e tomei o caminho do acampamento, meu braço ainda doía e sangrava um pouco mais, mas ignorei isso até chegar na enfermaria.
avatar
Enzo Martinelle
Ceifadores de Tânatos
Ceifadores de Tânatos

Mensagens : 134
Data de inscrição : 16/01/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
Level: 21
Energia:
190/230  (190/230)
HP:
200/230  (200/230)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Convidad em Ter Jan 22, 2013 6:30 pm

♦ Avaliação ♦

Cloud Strife > Seu teste ficou bom, o único problema é a falta dos poderes e armas usados em Spoiler ou Code no final. Aprovado, primeiro Ceifador de Thanatos.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Allan Kennedy em Qui Jan 24, 2013 2:53 pm

1 - Nome: Leon S. Kennedy

2 - Porque quer ser um Ceifador? Por achar a morte fascinante e não teme-la.

3 - O que sabe sobre Thanatos? Thanatos é a própria morte, irmão gêmeo de Hipnos.

OPCIONAL: 4 - Você teme a morte? Não temo a morte.

5 - Narre uma batalha contra um monstro a sua escolha de no mínimo vinte linhas, vale lembrar que a causa da morte será a que mais influenciará na aprovação ou negação do teste.
Resolvi melhorar minhas habilidades não só corporal, mas também mentalmente. Era umas 10 da noite eu peguei minha espada negra como era de costume, meu relógio que vira escudo e meu arco e flecha. Então saí, mas claro com cuidado para ninguém acordar, pois já era umas 10h15min da noite, quando saí do lugar e já estará de pé na grama vi as Harpias rodeando a área, mas claro eu já tinha as enganado varias vezes então nem liguei muito mas como nunca tinha visto uma Harpia tinha me visto muito rapidamente. Rapidamente percebi que ela iria avisar as outras, então decidi correr. Corri o, mas rápido que pude, como previ ela avisou as outras então avistei atrás de mim 4 Harpias uma voava mas rápido do que a outra, elas me alcançaram e me deram um golpe tão forte que me jogou a 4 metros e meio delas, mas por sorte nada aconteceu comigo eu pensara mas quando tentei mexer o braço esquerdo percebi que não conseguia fazer nada com ele, nem as atacar como eu queria fazer mas nem dei bola consegui pegar minha espada com minha mão direita e revidar mas na hora não raciocinei direito e ataquei usando minha energia negra mas isso não funcionou elas me jogaram longe novamente então quando outra Harpia veio e me agarrou para me jogar novamente usei minha esfera temporal, sabendo que ele não a mataria por ela ser maior do que eu então só a atordoei. Ela me soltou e logo desmaiou por estar muito cansada, eu sabia que ainda tinham três, mas olhei para todos os lados, elas tinham desaparecido, mas claro estavam esperando para me acertarem de surpresa então. Fui correndo encontra-las antes que meu poder acabace, as encontrei uma por uma, a primeira estará atrás de uma arvore. Ela estava male mal atordoada então tentei ataca-la com minha espada, mas ela desviou então usei novamente minha energia negra e consegui desacordei mais uma agora só faltara mais duas. Procurei mais um pouco e encontrei mais uma, ela tentou voar mais nisso cortei uma de suas asas e ela caiu. Dei com o cabo de minha espada em sua nuca, ela estará desacordada então perfurei sua cabeça com minha espada, pensei só faltara mais um, procurei bastante, mas a encontrei apenas quando fez a fracassada tentativa de me atacar, pulei para a esquerda e desviei. Corri em sua direção para acabar com isso de uma vez acertei minha espada em uma de suas azas a derrubando fazendo isso ela ficou muito brava comigo e deu um grito muito alto, tive medo que ela acordasse todos que extaram dormindo então decepei sua cabeça. Enfim já poderia ir para a arena treinar com certeza, mas dessa vez eu cuidaria para não ser visto e foi o que fiz cada vez que passava por uma Harpia me abaixava e andava em silencio parecendo que não havia ninguém ali mesmo. Enfim eu já estará chegando à arena, mas agora pelo fato que aconteceu mais antes eu estará mais empolgado do que nunca.
Decidi pegar leve então só lutei contra um ciclope adulto, comecei usando minha energia negra em seu olho. Isso só o irritou fez com que me atacasse furiosamente com seu bastão comecei a desviar só, pois não podia mexer meu braço e usar meu escudo, e nem meu arco e flecha. Mas pensei em usar uma de minhas flechas, mas não do modo normal dessa vez segurei-a como se fosse uma lança. Eu a lancei e por sorte o acertei bem no olho deixando-o sego, então peguei minha espada e pulei em suas costas o golpeando varias vezes com minha espada ele se jogou de costas no chão para me impedir, quando o vi caindo pulei dali em um só instante. Logo em seguida quando ele levantou rapidamente eu o golpeei arrancando todos os dedos de seu pé direito, ele gritou de dor. Enfim quando ele não pode mais se mexer pulei novamente em suas costas e finquei varias vezes minha espada em seu pescoço até que ele morresse. Quando vi começar a virar pó pulei dali e gritei a vitória é minha. Não me lembrei das Harpias, mas então nem dei bola no momento eu era um vencedor. Voltei para meu chalé me achando um vencedor.

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

Allan Kennedy

Não tenha medo do que quer desde que esteja disposto a pagar o preço necessário...





[size=14]Ceifadores de Tanatos, Guardiões do Olímpo, Filhos de Chronos,


Allan Kennedy
Filhos de Chronos
Filhos de Chronos

Mensagens : 212
Data de inscrição : 13/01/2013
Idade : 20
Localização : Acampamento meio sangue

Ficha do personagem
Level: 19
Energia:
280/280  (280/280)
HP:
280/280  (280/280)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Convidad em Qui Jan 24, 2013 3:00 pm

♦ Avaliação ♦

Leon S. Kennedy > Um teste simples, sua batalha deixou a desejar assim como a ortografia, mas ainda assim é merecedor. Aprovado, Ceifador de Thanatos.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Convidado em Qua Jan 30, 2013 1:18 pm

- Nome:
Robin Hucker

- Porque quer ser um Ceifador?

Por que os poderes são interessantes e poderosos. Eu admiro também a forma que um ceifador e preparado mentalmente para seus deveres, sem medo e com força e grande habilidade. Outra coisa que eu gosto também é o Submundo e poder andar por lá com facilidade e permissão seria algo inacreditável.

- O que sabe sobre Thanatos?

Eu sei que Thanatos é a morte em pessoa, ou em deus. Ele é o encarregado de levar as almas para o Submundo, então ele quem deveria ser mais conhecido como deus da morte e não Hades. Ele é filho de Nyx e nas histórias que li, era filho sem pai. Eu também sei que ele tem habilidade com as foices e é um dos deuses mais belos. Conheço pouco,mas sei que ele foi enganado uma vez por Sísifo, o homem que agora esta preso no submundo carregando uma enorme pedra morro acima.

- Você teme a morte?

A morte é algo tão normal quanto a vida, faz parte da natureza humana e é uma das únicas certezas que o homem pode ter é que um dia ele morrerá. Eu não temo a morte e talvez seja esse evento natural que torne a vida interessante e tão emocionante.


- Narre uma batalha contra um monstro a sua escolha de no mínimo vinte linhas, vale lembrar que a causa da morte será a que mais influenciará na aprovação ou negação do teste.

Andava calmo e sem compromisso pela floresta, eu estava livre de minhas obrigações, meus trabalhos na forja haviam terminado e meu último treino já havia acabado. Deviam ser umas quatro da tarde quando eu caminhava, usava uma calça negra e um a camiseta vermelha com a letra omega em preto na frente da camisa. Eu usava tênis pretos e além disso meu bracelete negro e uma espada cruzada no ombro.

Eu estava descansado nas margens da cachoeira e estava no caminho de volta quando um monstro parou em meu caminho. Ele tinha corpo de leão e cauda de escorpião com espinhos pontudos e afiados nela. Sua cara era humana, mas com traços de felinos e ele a cada passo se aproximava mais de mim.

-Acalme-se semideus, sua morte será rápida então não dificulte as coisas.
-Vamos ver quem morre então.

O monstro urrou e lançou um espinho da cauda o que me surpreendeu. Por sorte meus reflexos estavam bons e pronto e levantei meu braço e meu escudo de ferro estígio se abriu e me protegeu do projétil. Só então percebi que o monstro que estava enfrentando era o famoso manticore e notei o quão perigoso era mina situação. Desembainhei minha espada das costas.

Corri e ataquei com a lâmina afiada de prata descrevendo um arco alto para tentar cortar o rosto do monstro. Ele aparou o golpe saltando de lado e atacou som sua pata. Foi um golpe pesado que fez um corte no meu peito. Eu rolei pelo chão e levantei com o manticore chicoteando a cauda. Me protegi atrás de uma árvore e vi um ferrão passar zunindo perto de mim no local onde eu antes estivera.

Eu tinha que pensar em um jeito de chegar perto do monstro e cortar sua cauda fora, para ele perder sua habilidade e vantagem sobre mim. Eu então comecei a correr na direção do monstro, que achou divertido minha ação. Quando ele mexeu a cauda para atirar seu ferrão eu lancei meu escudo na direção dele e isso me deu tempo para me aproximar. Meu escudo atingiu seu rosto e o espinho foi para o alto.

Quando ele percebeu minha aproximação era um pouco tarde. Ativei minha força de máquina e todos meus músculos estavam mais fortes agora. Apliquei um soco no rosto do monstro e depois saltei aplicando um corte poderoso e pesado na ponte da cauda do manticore. Ela caiu no chão e ele urrava de dor e fúria. Eu consegui me proteger de um golpe de suas patas com a face de minha espada e depois eu salite para trás. Usei meu magnetismo simples e recuperei meu escudo e me preparei para o avanço do monstro.


Ele saltou e eu consegui me desviar rolando no chão. Tentei cortar seu rosto, mas ele foi mais rápido e aplicou uma séria de patadas. Eu protegi as que deu com meu escudo e muitas passavam ao meu lado cortando o ar. Ele então me mordeu no ombro que segurava o escudo. A dor era enorme, seus dentes estava cravados com força, mas aproveitei sua proximidade para terminar a batalha. Cravei minha espada de prata que havia uma áurea de veneno ao seu redor. Quando ela penetrou a pele do monstro e fez um belo corte, o manticore se afastou.

Eu fiz o mesmo, agora com a mão sobre meu ombro mordido. Em questão de segundo o monstro se desfez em pó e eu com dificuldade retornei meu escudo a bracelete. Embainhei a espada e cobri meu ombro com o que restou de minha camisa depois da luta. Após isso fui para a enfermaria cuidar de meus ferimentos.

Código:
-Magnetismo Iniciante = Capacidade de controlar o metal, não muito pesado, fazendo-o levitar. Se o metal for lançado contra o filho de Hefesto ele poderá desviá-lo, a depender da velocidade e força do projétil. (Usa 5 de energia)

-Força da Máquina = Pode-se levantar qualquer coisa com essa força sobrenatural. (Usa 20 energia) (Pode-se usar apenas 2 vezes por missão) (Dura: 10 posts - máximo)

Itens usados:

Código:
♠ Espada de Prata - Uma espada extremamente afiada. Emana uma aura venenosa que mata os monstros (já feridos) em 30 segundos. [By: Macária]

♠ Escudo Negro - Um escudo Feito de ouro negro e ferro estígio. Reduz o ataque causado em 20%. Se transforma em um Bracelete. [By: Mac]

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Convidad em Sex Fev 01, 2013 7:05 am

♦ Avaliação ♦

Robin Hucker >> Um teste muito bom, continue assim. Aprovado, Ceifador de Thanatos.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Pedro Vasconcelos em Seg Fev 11, 2013 8:32 am

1 - Nome: Pedro Vasconcelos

2 - Porque quer ser um Ceifador?
Por que não temo a morte e gosto muito de coisas sobrenaturais.

3 - O que sabe sobre Thanatos?
Thanatos é a personificação da morte, é conhecido por ter o coração de ferro e as entranhas de bronze. Thanatos é representado por uma nuvem prateada que arrebatava a vida dos mortais.

OPCIONAL: 4 - Você teme a morte?
Não temo, pois um dia todos irão morre.

5 - Narre uma batalha contra um monstro a sua escolha de no mínimo vinte linhas, vale lembrar que a causa da morte será a que mais influenciará na aprovação ou negação do teste.
Era uma tarde bem normal, fui andar um pouco na praia, quando já estava anoitecendo então fui ao meu chalé descansar, estava eu deitado em minha cama e me deu uma vontade de dar uma volta na floresta, pego meus anéis (Anel Mental, O precioso) não saio sem eles e meu arco por que sei que na floresta a varias criaturas que podem ser perigosas.
Tive um pouco de medo para entra, pois nunca havia entrado na floresta só, respirei fundo e entrei comecei a andar por lá estava tudo tranquilo peguei uma maçã, limpei em minha blusa e dei uma mordida nela, escuto um barulho vindo da mata penso comigo mesmo deve ser só o vento, nunca que algum bicho poderia entra pois tem o campo que protege o acampamento de invasão de monstro só se algum engraçadinho soltou um dos monstros da arena ou fizeram alguma invocação de bicho, termino de comer minha maçã, levanto e pego outra limpo-a e dou outra mordida, escuto novamente o barulho vindo do mato, fico assustado ponho meu arco na mão já em modo de ataque e pergunto:
- Tem alguém ai? Nada alem do vento batendo nas árvores.
Sento e desfruto de minha deliciosa maçã, ouço de novo o barulho agora mais próximo, quando vejo já é tarde de mais sinto um bufado quente a trás de mim levanto-me em um salto e viro para ver o que era estava lá um monstro com corpo de leão e asas, patas e cauda de escorpião, e cabeça de homem a principio pensei que fosse uma Quimera, mas não era, era algo muito parecido, mas que lançava fogo.
O bicho olha para mim e da um rugido de tremer os ossos, ele lança sua calda de escorpião sobre mim, mas salto para o lado, pego meu arco e atiro contra ele, contudo ele era bastante forte e as flechas só o fizeram ficar mais furioso. Ele da outro rugido, mas este ele lançou fogo pela boca, salto para desviar das chamas, ele lança seu rabo de escorpião sobre mim novamente, com rapidez ativo meu anel (O precioso) Surge em minha mão um escudo impetrável e fico invisível. O bicho fica me farejando, mas sou mais rápido lanço mais umas saraivadas de flechas contra o seu rabo de escorpião, o rabo se desprende do corpo, já não pode mais me atacar com a calda. Ele vira com ódio em seu olhar e lança uma rajada de fogo no local de onde veio às flechas, meu escudo defende contra seu ataque a proveito que o fogo cessou e atiro contra sua cara humanoide , ele ruge de dor. Ele fica um pouco atordoado, desativo meu escudo corro para o lado e o monto a bicho sai voando pela a floresta comigo montado nele, me seguro firme em seu cabelo para não cair ele gira 360º, mas continuo pendurado, logo ele começa se acalmar com minha presença encima dele e então desce, ele se sacode todo como um cão que acaba de tomar banho, quase cai, para acabar logo com isso ponho meu arco encima de sua cabeça e atiro bem no meio de sua testa a criatura geme de dor e se explode em pó em questões de segundos, caio no chão olho no chão e vejo um dente da criatura pego e enrolo em uma corda e ponho em meu pescoço como uma recordação da criatura que acabo de matar, saio correndo da floresta e vou descansar em meu chalé. Na manhã seguinte pego um prato de comida e jogo nas chamas agradecendo os deuses da morte por não ter morrido naquela noite.
avatar
Pedro Vasconcelos
Ceifadores de Tânatos
Ceifadores de Tânatos

Mensagens : 51
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Level: 6
Energia:
135/135  (135/135)
HP:
135/135  (135/135)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Jeremmy T. Di Angelo em Qua Fev 13, 2013 12:22 pm

1 - Nome: Jeremmy T. Di Angelo

2 - Porque quer ser um Ceifador?

Por que admiro muito o meu avo e gostaria de me torna igual a ele guando crescer

3 - O que sabe sobre Thanatos?

Sei que ele pode passar pro Submundo a hora que ele quiser e sei tbm que ele pode ceifar as almas perdidas

OPCIONAL: 4 - Você teme a morte?

Não como meu avo disse uma vez ''A morte não procura seus alvos,Seus alvos a o procuram''

5 - Narre uma batalha contra um monstro a sua escolha de no mínimo vinte linhas, vale lembrar que a causa da morte será a que mais influenciará na aprovação ou negação do teste.


estava em casa comendo cereal com leite antes de dormi ja era tarde da noite, meus pais estavam na sala vendo um filme quando eu escutei um barulho la fora,coloquei a ultima colherada na boca,pequei minha rapier e uma lanterna e pulei a janela e fui ver oque era

liguei a minha lanterna e sai pela floresta procurando a origem do som do barulho eu ja estava um pouco longe de minha casa,quando novamente eu escutei o mesmo barulho de um ganho seco sendo quebrado,virei-me para traz e iluminei um pequeno arbusto.

o arbusto mexia-se muito eu ja estava ficando nervoso quando um coelho branquinho saio correndo,aliviei-me e virei-me.Ao varar-me deparo-me com um cão infernal com os olhos amarelos quase da cor de fogo.Dexei a lanterna cair e sai correndo em direção a minha casa,mas o cão pulou em cima de mim,derrubando-me ao chão eu não sabia oque fazer o cão ja estava preparando o ataque quando meu pegaso Dialga atacou o cão tirando ele de cima de mim.

A briga dos dois estava feia os dois não paravam de brigar quando o cão morde a perna de Dialga arrastando-o pelo chão, então mais 3 cães infernais apareceram e atacaram meu pobre pegaso, eu estava tremo-lo vendo Dialga ser comido pelo cães, eu não poderia fazer nada para ajudar Dialga era seu fim.

Eu fechei meus punhos retirando minha rapier e correndo em direção aos cães infernais.O provável líder deles correu em minha direção prestes a atacar, então dei um chute em seu foucinho jogando ele para o lado, então quando iria usar minha espada um dos cães me arrastou pelas perna me derrubando no chão o cão deitado ao chão levantou-se meio tonto,pequei minha espada e taquei nas patas do cão que estava arrastando-me, levantei em disparada e taquei minha espada na cabeça do cão que ainda comia Dialga, seu sangue corria por minha espada quando acionei a chama flamejante de minha Rapier mandando varios cortes em direção ao outro cão infernal, cortando-o e fazendo-o morrer.

Soltei minha espada ao chão e aproximei-me de Dialga,Coloquei minha mão sobre sua testa deixando algumas lagrimas cair, corri ate o quintal de minha casa sem fazer nem um barulho pequei uma pá e fiz um buraco para enterrar Dialga,Fiz seu tumulo com alguns galhos e deixei algumas flores azuis de enfeite entrei pela mesma janela de antes sem fazer barulho é passei em direção ao banheiro.
avatar
Jeremmy T. Di Angelo
Legados
Legados

Mensagens : 10
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 17

Ficha do personagem
Level: 1
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Convidad em Sab Fev 16, 2013 5:22 pm

♦ Avaliação ♦

Jeremmy >> Aprovado, apenas peço que faça seus posts no Word e inicie suas frases sempre com letra maiúsculas. Gostei da frase, mas já tenho uma pra minha assinatura.

Pedro >> Aprovado, mas podia ser melhor.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Angelique Bittencourt em Sex Fev 22, 2013 7:49 pm

1 - Nome:Angelique Bittencourt

2 - Porque quer ser um Ceifador?Porque nunca temi a morte,e seria legal ajudar Thanatos a fazer o trabalho dele.

3 - O que sabe sobre Thanatos?Deus da Morte,Filho de Nyx e Caos,conhecido por ter coração de ferro e as entranhas de Bronze.

OPCIONAL: 4 - Você teme a morte?Não

5 - Narre uma batalha contra um monstro a sua escolha de no mínimo vinte linhas, vale lembrar que a causa da morte será a que mais influenciará na aprovação ou negação do teste.
Era uma bela tarde de inverno.Os pássaros cantavam,e tudo parecia perfeito.
Fui dar uma volta pelo acampamento,e vou para a floresta,com meu arco do tempo e alijave de flechas invisíveis,pois poderiam ter várias criaturas e eu estaria preparada.Fui ver o que aconteceu,pois pensei ter visto uma semideusa gritando por socorro e fui em seu auxílio.Ela deveria ter 1,66 de altura,olhos extremamente verdes-cristalinos e pele clara como a neve.
Seu nome era Layla.
Então perguntei:
Layla o que houve?
E ela respondeu:
Por favor me ajude,eu não quero morrer.
Então eu mais que de pressa ordenei:
Fuja daqui agora,não se preocupe comigo,cuidarei desta harpia.
Você ficará bem?
Sim agora fora,essa briga é minha.
Falei quase que expulsando-a daqui.
Assim que ela saiu peguei meu Arco do Tempo,e me distanciei da harpia o máximo que pude.
Era fato:Minha probabilidade de erro com esse arco era mínima então se eu tentasse acertaria em cheio,mas tinha apenas uma chance.
Tinha que acertá-la sem ser atingida.

[Fui para o mais longe o possível da harpia,precisava ganhar distância antes de tudo.
Imaginei uma rajada de flechas envenenadas,e quando as flechas apareceram,resolvi usar a técnica dos melhores arqueiros ou seja filhos de Apolo.
Me imaginei no lugar da flecha e nesse meio tempo,seria como se minha vida estivesse em jogo.
Pensei:
Rajada de flechas atinjam a harpia e façam virar cinzas!
Em seguida mirei bem no peito,onde estava o coração dela,e atirei.
Eu poderia acertar,ou poderia errar,mais preferi ficar vendo o decorrer da flecha,para ver se desviava ou não o caminho.
Eu queria ter acompanhado a flecha com o olhar,mais foi tão rápida,que só pude vê-la no fim do percurso atingindo a harpia.
Quando terminei,joguei as cinzas da harpia em um túmulo que havia feito para enterrar os ossos e escrevi:

Homenagem ao deus da Morte Thanatos.


Última edição por Angelique Bittencourt em Dom Mar 24, 2013 5:26 pm, editado 1 vez(es)

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

Estrategista.
Filha de Atena.

Loba Solitária.
avatar
Angelique Bittencourt
Filhos de Atena
Filhos de Atena

Mensagens : 65
Data de inscrição : 29/01/2013
Idade : 20
Localização : Onde seu coração está Lucas

Ficha do personagem
Level: 1
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Convidad em Sex Fev 22, 2013 9:23 pm

1 - Nome:

Enzo Castellan
2 - Porque quer ser um Ceifador?

Por que é um grupo poderoso e que respeito muito e gostaria de fazer parte.

3 - O que sabe sobre Thanatos?

Sei que ele é o deus da Morte, ele quem busca as almas e leva par ao Submundo. Ele é filho de Nyx e é um perito com foices. Um caçador implacável, sem diferenciar suas vítimas, apenas executa suas obrigações.

OPCIONAL: 4 - Você teme a morte?

Não temo a morte, por que é algo natural, dizem até que alguns deuses invejam a capacidade de morre, pois você acaba dando maior a suas atitudes. A morte chega para todo mundo, e temer algo que é certo não faz sentido para mim, mas eu não quero morrer cedo.

5 - Narre uma batalha contra um monstro a sua escolha de no mínimo vinte linhas, vale lembrar que a causa da morte será a que mais influenciará na aprovação ou negação do teste.

Estava na beira do lago de canoagem, vários semideuses estavam por lá também. Alguns deles nadavam e outros apostavam corrida com barcos que cortavam a água com facilidade e velocidade. Nas pedras que margeavam o lago, náiades cantavam e riam ao ver que um menino as olhava e alguns sátiros paqueravam os espíritos da água.

Eu estava sentado sozinho na margem, Skiá, minha espada inseparável se apoiava em uma árvore próxima. Eu olhava o lago e pensava, a margem que estava era afastada de todos, sem pertubações para eu pensar, escolhi o local a dedo. Enquanto refletia sobre a Felipa, como ela me conquistara com facilidade, ouvi um barulho vindo da mata. Achei que fosse um sátiro de brincadeira ou um porco selvagem, mas logo o barulho foi aumentando até que um vulto surgiu da floresta.

Ele tinha pele vermelha escarlate, carapaça reluzente e uma mandíbula afiada. Eu estava na frente de uma formiga gigante, do tamanho de um pastor alemão, jamais vira um ser desses. Ele me detectou com as antenas e atacou, fechando e abrindo as mandíbulas com um estalo mortal e assustador.

Busquei minha espada de ferro estígio mágica e afastei monstro comum corte no ar. Na mesma hora ela se afastou começou a me rodear. Eu acompanhei o movimento, era um azar eu não ter trazido meu chicote ou minha toga de velocidade, mas por sorte meu relógio de prata que virava um escudo estava comigo. Quando o formiga atacou, eu abri meu escudo e aparei seu golpe.

Sua mandíbula afiada cortou minha perna de raspão, eu ataquei a carapaça dela com uma esmagadora estocada, que teria força para atravessar um monstro qualquer, mas não esse artrópode. Sua carapaça é uma armadura de primeira linha, minha espada se quer arranhou. O inseto mutante se afastou e logo avançou de novo, era incansável. Eu ataquei comum corte deitado,o que resultou numa antena caindo, mas nada tão prejudicial.

Eu desviei de sua mordida e defendi meu corpo de sua investida. Logo eu cravei a minha espada na fenda entre suas armaduras e a formiga guinchou. Ela se desfez em pó, mas o problema foi que ela não estava sozinha. Duas novas formigas surgiram, uma delas soltava um líquido verde pela boca que ao tocar o chão queimava, era ácido

Uma das formigas atacou na hora, meio até atrapalhada, eu não tive problemas de me livrar dela, dei dois passos para trás e desviei de sua mordida, saltei de lado e o ácido cuspido foi parar no lago e eu entõa cortei forte o ar abrindo uma brecha na armadura natural do inimigo. Nessa fenda lancei uma chama negra poderosa com minha espada e o monstro ardeu e sumiu envolto de chamas negras.

A outra formiga atacou de surpresa, mordeu o ar e minha perna junto. Quando ela apertou sua mandíbula eu senti minha pele se cortar, eu então enfiei minha espada flamejando de fogo negro no rosto da formiga. Eu arranjei forças de algum lugar por que ela passou pela proteção natural do inseto, como se o exoesqueleto dele fosse de papel. Quando me livrei da formiga, cortei um arco no ar que fez a cabeça vermelha da formiga rolar ao chão.

Peguei devagar a arma, olhei para a espada Skiá, sabia que se tratava de um presente de Jason, mas a magia sobre a arma era da morte;
Agradeço Thantos por me ajudar em batalha.

Joguei a cabeça do monstro no chão e ateei chamas negras e depois fui cuidar de meu ferimento.



Código:

♥ Um escudo grande de Ouro Divino espelhado - Pode transforma-se em qualquer acessório para um fácil transporte, Seu espelho pode mostrar qualquer localização. pode ajudar quando o filho de Afrodite está perdido, quando quer seguir os passos de alguem, quando quer partir pra algum lugar que não sabe onde fica ou quando tem algum objeto perdido.] {by: Afrodite}

Espada de Ferro Estígio ( Skiá ): Uma espada feita de puro Ferro Estígio, sua lamina soltam rajadas de fogo negro e ainda faz com que os inimigos fiquem com medo de seu dono. ( By: Jason L. Parker )

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Convidad em Sab Fev 23, 2013 12:13 pm

Angelique >> Sua batalha foi bem simples, mas não está ruim. Apenas aviso que decida qual cor usar, e não fique as mudando sempre, observe as de outros personagens, como por exemplo o Enzo. Aprovada!

Enzo >> Aprovado.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Peter C. Stonefeller em Qui Mar 07, 2013 5:16 pm

1 - Nome: Peter Crouley Stonefeller.

2 - Porque quer ser um
Ceifador? Creio que a morte é um dos maiores medos dos mortais e
domina-la seria muito bom. A força da vida se resume na morte.

3 - O que sabe sobre Thanatos? Personificação da Morte. É o encarregado por levar as almas para o submundo. Filho de Nyx .

OPCIONAL: 4 - Você teme a morte? Não. Acho que não se deve temer uma coisa inevitavel.

5
- Narre uma batalha contra um monstro a sua escolha de no mínimo vinte
linhas, vale lembrar que a causa da morte será a que mais influenciará
na aprovação ou negação do teste.

.


Teste Para Ceifador de Thanatos







O dia estava no fim e ja
começava a virar noite, eu estava perseguindo um semideus rival a meia
hora, ele era filho de Hécate e nois ja tivemos nossas dessavensas.
Thomas Kuller, era o nome dele. dez minutos depois ja era noite e
finalmente o semideus parou. Ele estava parado e ao lado havia uma coisa
presa, era uma Manticora, estava presa em um vidro que devia ser super
resistente alias estava prendendo uma Manticora. Saquei minha espada dos
sonhos e sai das sombras, calmamente disse. - Ora, ora, o que faz aqui Thomas ?!-
disse com a voz ironica. Ele nervoso não me respondeu e sacou a sua
espada também. Ele tomou a iniciativa, veio correndo com a espada em
mãos, eu desviei facilmente e usei meu cotovelo para desarma-lo. Eu não
queria mata-lo, apenas queria que ele pareçe com aquilo. Passei meu pé
por baixo dos seus e o derrubei, minha espada estava em seu pescoço, mas
eu resolvi da-lo uma chance. Tirei minha espada dos seu pescoço e
disse. - Vamos, desista disso. - ele me olhou com medo e respondeu nervoso. - Cale-se!!.-
O tom de voz dele estava tremulo e era perceptivel o medo dele,
imaginei que ele não queria estar ali. Ele se recuperou e se levantou,
deixei ele pegar a sua espada. O que me surpreendeu foi ele correr, mas
não para me atacar e sim para a jaula da Manticora, que eu havia
esquecido que estava ali. Ele golpeou a fechadura que foi facilmente
rompida e ele se escondeu atras da árvore. A Manticora imediatamente
saiu e me lançou espinhos, um deles me atingiu perfurando a minha mão,
ela instantaneamente ficou negra. A dor percorreu meu corpo todo e
principalmente a minha mão, eu acho que nunca havia sentido tanta dor.
Mas eu precisava me recuperar. A Manticora vinha em minha direção então
resolvi dar o troco na mesma moeda. Lancei três espinhos de Morfina no
monstro que dormiu imediatamente. Fui até ela e percebi que o veneno
percorria todo o seu corpo. Rezei a Thanatos e cortei a cabeça dela com a
espada dos sonhos, levantei a cabeça para os ceus e gritei.- Por Thanatos.- Me
levantei e percebi que o garoto havia saido de trás das arvores e vinha
me atacando, bloquei a sua espada com a minha e o golpeei na barriga
com o meu ombro, fiz o clinch em volta de sua cabeça e dei joelhadas (
antes de vir para o acampamento eu fazia Muay Thay) em sua cabeça e ele
caiu no chão. Fiz um corte em sua garganta de leve e que mesmo assim
sangrou muito. - Hoje não é o seu dia de partir. Mas que isso sirva de lição, pois não a melhor professor que a morte.- O levantei e continuei. - Vamos voltar, tenho que cuidar da minha mão e você do seu pescoço.- Ele ascentiu com a cabeça e me seguiu.


Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
avatar
Peter C. Stonefeller
Mortos
Mortos

Mensagens : 86
Data de inscrição : 11/01/2013

Ficha do personagem
Level: 14
Energia:
145/155  (145/155)
HP:
150/155  (150/155)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Convidad em Qui Mar 07, 2013 8:00 pm

Como Capitão dos Ceifadores, eu aprovo seu teste bem vindo.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Sophia Winchester em Dom Mar 24, 2013 7:28 pm


1 - Nome: Sophia Winchester

2 - Porque quer ser um Ceifador? Pois nunca tive nenhum medo da morte , a morte sempre foi algo para mim que não devia ser temido e sim que isso é uma coisa natural . Além do mais vai ser uma honra ajudar o Thanatos a fazer o trabalho dele.

3 - O que sabe sobre Thanatos? Ele é filho de Nyx , a função dele é levar todas as almas para o submundo .

OPCIONAL: 4 - Você teme a morte? Não , para que temer algo que é natural e faz parte do ciclo da vida ? Isso não faz nenhum sentido a pessoa temer a morte.

5 - Narre uma batalha contra um monstro a sua escolha de no mínimo vinte linhas, vale lembrar que a causa da morte será a que mais influenciará na aprovação ou negação do teste.

Estava um dia ensolarado , eu caminhava pelo acampamento de maneira bem tranquila , não me importava com o tempo e nem nada disso , decidi ir treinar mais um pouco , afinal eu preciso de treinar para eu me destacar e assim ser mais forte que os outros , treinava contra um inimigo imaginário , até que eu vi um barulho vindo da floresta do acampamento , no princípio o barulho não tinha nenhum som muito forte , poderia ser somente algum monstro que serve como adversário nos treinamentos dos semideuses , mas infelizmente eu estava enganada , pois eu logo vi uma harpia na arena em que eu estava , o céu que estava azul ficou preto , a lua ficou vermelha , me encontrei em uma situação bem difícil , uma harpia tenebrosa e eu apenas com os meus presentes de reclamação , uma lança sábia , um anel e um escudo refletor .

Estava bem vulnerável , considerando que eu fui reclamada há pouco tempo , nem posicionei e a harpia começou a me atacar,ganhei vários arranhões e fui jogada alguns metros longe da fera , ela logo sorriu de maneira intimidadora , eu fiquei na defensiva com o meu escudo e isso me fez ganhar muito tempo para eu pensar mais uma vez na minha estratégia , ataquei a harpia sem nunca parar , a fera foi ficando cada vez mais vulnerável e então fui atacando com muita força , mas nada do que eu fizesse tirava o foco da harpia , que naquele exato momento era me matar , a harpia tentou causar algumas ilusões na minha cabeça mas o anel evitava os efeitos dessas ilusões .

Depois peguei o meu escudo , já que a harpia mandou um golpe muito forte , mas o escudo acabou repelindo o ataque e mandou o dobro da força do golpe que a harpia mandou para mim , em uma fração de poucos minutos a harpia virou pô e então eu pensei logo em seguida:

''E o feitiço virou contra o feiticeiro e eu realmente não estava na hora de morrer e sim de matar monstros''.


Sai da arena em direção ao caminho para o meu chalé bastante supressa por eu ter conseguido derrotar uma harpia.

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

Sophia Winchester*Soph*Filha de Atena*Nerd* Irmã mais nova do Connor e do Lúcios* Melhor amiga da Demz*♥️ James 
avatar
Sophia Winchester
Filhos de Atena
Filhos de Atena

Mensagens : 61
Data de inscrição : 19/03/2013
Idade : 20

Ficha do personagem
Level: 3
Energia:
120/120  (120/120)
HP:
120/120  (120/120)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Thales Mason em Sab Mar 30, 2013 11:36 am


1 - Nome:Thales M.

2 - Porque quer ser um Ceifador? Porque servir a Morte é uma honra e creio que com essas habilidades poderei me sobressair como semideus.

3 - O que sabe sobre Thanatos? Thanatos é a personiicação da morte, a quem foi dado o poder de mandar almas ao submundo.

OPCIONAL: 4 - Você teme a morte? A morte é algo natural, faz parte do ciclo da vida. É algo que se deve respeito, acredito que não se deve temer a morte por que ela é apenas o final da missão.


Batalha

Era uma manhã revigorante, o sol batia a janela do meu chalé e por um momento acordei. Como de costume depois de trabalhar na floresta fui para as colinas descançar um pouco. Deitei-me sobre a grama e observei o céu azul e pequenas aves que sobrevoavam o acampamento. Por um momento fechei os olhos e tive uma visão aterrorizadora. Vi um acampamento em chamas e um céu negro com raios, pude ouvir gritos desesperados e sentir um cheio forte de fumaça. Vi pessoas carbonizadas e outras agonizando vendo seu sangue jorrar até que a morte enfim cessasse seu sofrimento.

Aquilo despertou em mim um sentimento de perda muito grande, que felizmente me fez acordar... felizmente? Ao abrir meus olhos deparei-me com a mesma cena da minha visão e senti meu coração acelerar, desci a colina correndo para tentar salvar meus amigos, minha família. Dentre gemidos e gritos, poças de sangue e fogo, ouvi uma voz em minha mente dizendo ao que eu não queira aceitar... "Você não pode salvá-los!"

Naquele momento senti meu sangue fever, cerrei os punhos e senti minha aura queimar. Ordenava saber o responsável por esse massacre e por um momento um raio atingiu a fonte o pavilhão espalhando pelo chão vários pedaços de concreto. Virei-me e deparei-me com uma criatura de pele negra como a noite, olhos vermelhos como o fogo e asas negras enormes. Aquele ser tinha uma forma quase humana a não ser pelas garras nas mãos. O ódio dentro de mim queria saber o porque de toda aquela chacina, mas aquilo era inexplicável. Estava sem armas, apenas a favor do meu próprio poder.

Concentrei-me e usei o meu poder para materializar um Lança de ar, feita de metal. Usei também minha habilidade de Arcanjo para solidificar o metal da lança e fortificá-lo. Tinha em punho uma lança, corri contra meu oponente e saltei mirando a lança contra ele, mas a criatura simplesmente desapareceu. Ele reapareceu atrás de mim acertando um chute na minha coluna. Um força descomunal me jogou contra o chão quebrando o assoalho, um pouco de sangue saiu da minha boca e nesse momento a raiva dentro de mim aumentou. Segurei a lança firme saltei para céu a fim de acertá-lo de surpresa, mas ele desaparecera novamente. Ele reapareceu novamente atrás de mim tentando me atingir com suas garras, mas eu previ o ataque girando meu corpo e desviando do ataque, logo em contra-ataque acertei o cabo da lança no seu peito jogando-o para trás. Usei minha Benção de Héstia para lançar contra ele bolas de fogo, mas ele alçou vôo para cima desviando.

Por um momento ele sumiu e percebi uma névoa negra surgir atrás de mim, virei-me e fui atingido com um soco na barriga e uma joelhada na face, quase inconsciente de tanta dor vi uma esfera negra gigante atingir meu corpo e explodir, minha lança caiu no chão fincando próximo a fonte destruída. Fui jogado contra uma parede, sangrando e quase perdendo os sentidos, levantei-me e vi a névoa surgir na minha frente, mas nesse momento desviei para o lado e vi uma esfera nera atingir a parede atrás de mim, agarrei a mão da criatura e usando toda a minha força lançei-a para cima utilizando o ar para jogá-lo e prendê-lo num furacão. A criatura tentava dissipar seu corpo em névoa para o furacão o disperssaria despedaçando seu corpo. Teletransportei-me para o furacão e sem armas ataquei o monstro, usei Soco de vento para atingir seu corpo, enquanto o monstro lutava para manter seu corpo controladopelas asas. Usei fogo para envolver minhas mãos em socos poderosos atingindo seu rosto e por fim segurei as asas do monstro retirando a força do próprio furacão, utilizei as correntes contrárias para arrancá-las impiedosamente. Logo elas se dissiparam, mas o monstro ainda estava vivo e caía rapidamente. Usei o Sopro Poderoso para lierar o corrente de ar forte e lançá-lo contra o chão afundando no assoalho. Soterrado em destroços ele tentou se levantar, mas usei minha habilidade de arcanjo para transformar terra em metal, solidificando o chão e prendendo os braços e pernas do meu inimigo.

Seus olhos vermelhos como fogo demonstravam desespero, a criatura temia a morte, mas não hesitava em práticá-la. Isso me mostrou que o monstro não respeitava a morte e diante dela eu também não hesitaria em matá-lo, retirei a lança do chão e coloquei-a em sua garganta. Olhei no fundo dos seus olhos e ouvi um voz... "Ele não merece viver"... Assim trepassei a lança em sua garganta e seu corpo se disipou com toda a destruição e morte que ele causou. Estava de volta as colinas com uma lança em mãos e a uma manhã resplandescende.

Spoiler:

Poderes Utiizados:
-Lança de ar- O filho de Éolo pode materializar um dardo de vento nas mãos. Ele parece feito de metal e causa dano médio.
-Transformação Elemental - Terra em Metal
-Querubim - apartir do nível 10, meu arqueiro poderá invocar pequenas asas de anjos querubins, com cerca de 30cm em cada.
-Bênção de Héstia
-Furacão- Com essa habilidade, o filho do deus do vento pode criar ao seu redor um pequeno furacão.
-Soco de vento- Você pode envolver os punhos e uma grande quantidade de ar e aplicar um golpe bem mais forte.
-Sopro poderoso- Os filhos de Éolo podem expandir os
pulmões ao máximo e liberar uma forte rajada de ar, fazendo um grande
estrago.

S/ Armas.

avatar
Thales Mason
Indefinidos
Indefinidos

Mensagens : 18
Data de inscrição : 27/12/2012

Ficha do personagem
Level: 29
Energia:
350/350  (350/350)
HP:
350/350  (350/350)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Lucas S. Granbry em Qua Abr 03, 2013 1:16 pm


Ω Lucas Stark Granbry Ω

Ficha para Ceifador de Thanatos


- Nome: Lucas Stark Granbry

2 - Porque quer ser um Ceifador?
Por que me indentifico um pouco com Thanatos, e um Filho de Ares Ceifador seria um Ceifador Melhor.

3 - O que sabe sobre Thanatos? Thanatos é Irmão Gêmeo de Hipnos,e é o Deus cujo Trabalho é levar as Almas das Pessoas para o Mundo dos Mortos.

OPCIONAL: 4 - Você teme a morte?
Não, pois sei que a morte pode vir a qual quer momento,e eu estou de braços abertos quando ela vier.


Batalha contra um Monstro:

Lucas estavá a dias sem fazer nada,ele tinha parado de treinar,tinha parado de praticar Esportes,a vida no Acampamento estavá um Tédio.
Sem nada para fazer no fim tarde Lucas pegou seu Anel e colocou no Anelar,pegou sua Lança de Guerra,seu Escudo Espartano e sua Espada Espartana,abriu a porta do Chalé.O Céu estavá Nublado e o Clima um pouco Ameno,Lucas estavá decidido a sair do Chalé de Ares.
Lucas deu alguns Passos e se viu em frente a seu Chalé.
O Acampamento que era sempre animado, neste dia estava desanimado, não tinha ninguém em nenhuma canto do Camp, Lucas não gostava de ver o Acampamento daquele jeito, Morto...
Der repente do Nada Lucas ouve um Grito, possivelmente seria um de Socorro, estava vindo da Quadra Poliesportiva.
Lucas correu para lá por um Impulso, mas o garoto não queria ir para lá. Quando ele chegou lá não viu nada nem ninguém, a Quadra estava Deserta...Até que...De repente a Porta da Entrada/Saída que eram as mesmas se fecham, um garoto encapuzado saiu de lá Rindo da Cara de Lucas.
Lucas bufou de raiva pois não gostou daquela Pegadinha que o Garoto tinha pregado nele, então Lucas andou em direção a Entrada/Saida mais antes que chegasse lá Dois Monstros de Porte Médio saíram de lá jogando bolas de fogo contra Lucas, o garoto pegou seu Escudo Espartano e se defendeu das bolas de fogo dos Monstros, e pegou sua Lança de Guerra e jogou contra um dos Monstros,o Monstro desviou e os Lestrigões investiram contra Lucas.Lucas logo correu em direção aos Lestrigões, que por sorte eram mais lento do que o garoto, que pegou sua Espada Esparta e tentou fazer um Corte no calcanhar do menor dos Dois e consegui-o, o calcanhar do monstro começou a sangrar, o ferimento era um pouco profundo, o monstro deu uma mãozada em Lucas, e o garoto voou contra a parede e bateu forte suas costas na parede, ao minimo ele quebrou duas costelas, mas por Natureza ele ativou sua Habilidade "Calmaria de Guerra" e ficou Calmo, e ignorou a dor de sua costela quebrada e viu que os dois monstros iriam lançar duas bolas de fogo cada o mesmo pegou seu Escudo e se defendeu do ataque dos Lestrigões, mas sua Espada esparta estava a 7 metros do mesmo, então a lança que ele havia jogado no lestrigo apareçeu em sua Mão.
-{Lucas}Bem na hora!
Lucas rapidamente se levantou com o escudo em uma mão e a lança na outra e viu uma parede de escalada ao lado dos monstros, o garoto jogou sua lança em um dos Monstros e pegou a espada que estava no chão e correu em direção a parede de escalada, ele subiu rapidamente a parede de escalada e pulou no Monstro mais perto dali, era o menor, o que estava com o machucado no calcanhar, o outro monstro fez uma bola de fogo e jogou contra mim, saltei do monstro e a bola de fogo pegou no monstro menor, enquanto eu estava caindo peguei minha faca de bronze e encravei na coxa do Monstro e ele deu um rugido de dor, peguei a espada espartana e fiz um corte vertical na perna do monstro e utilizei minha habilidade "Golpe Fulminante I" e cortei a perna do monstro, ele se desiquilibrou e caiu no chão da quadra.Depois de Instantes o monstro virou pó.
Mas ainda restava um monstro, o maior, deveria ser bem o Pai do monstro que Lucas acabara de matar, ele estava zangado, dava de ver a furia no olhar do monstro, Lucas pegou sua Espada Espartana e sua lança de guerra, cada um em uma de suas mãos e correu em direção ao monstro, que jogava bolas de fogo no garoto, Lucas ia correndo em zig-zag e desviava das bolas de fogo do Monstro, o mesmo parou no meio do caminho e jogou sua Lança na testa do monstro, aquilo era só uma distração, enquanto o monstro desviava Lucas subia a parede de escalada, e dava um pulo para ir para cima do monstro e consegui-a, o garoto fez um corte no pescoço do monstro e faz um corte profundo no monstro, e sua espada ficara encravada no pescoço do monstro, agora o garoto estava sem armas, então a Lança de Guerra virou pó e apareçeu na mão direita do garoto, que fincou-a na cabeça do monstro, ela entrou pela parte de trás da cabeça do monstro e saiu pela testa do Monstro.Depois de segundos o Monstro virou pó e o garoto caiu contra o chão da Quadra Poliesportiva, ele bateu sua cabeça um pouco forte, e estava saindo sangue, o garoto pegou seu Escudo,sua Lança e sua Espada e foi para a Enfermaria.


Habilidades e Armas:
Nível 01 – Golpe Fulminante I: Os filhos de Ares se concentram em executar um golpe rápido e violento, que o torna mais forte e ágil momentaneamente. Dura apenas o momento do golpe. (Adiciona 25% de dano)

Nível 01 – Ambidestria: Os filhos de Ares são ambidestros e podem lutar com duas armas ou arma e escudo sem penalidade.

Nível 1 – Calmaria de Guerra: O Filho de Ares tem instinto natural para batalhas. Ele consegue manter-se calmo e focado em qualquer combate, seja contra um amigo, seja contra um titã.

Ω Lança da guerra - Uma lança com o cabo negro e a ponta da lança é feita de um metal vermelho, especial de ares,. Se lançado contra um inimigo a mesma se desfaz em pó e ressurgindo na sua mão no próximo turno.[By: Ares] (Item Obrigatório)

Ω Escudo Espartano - Um escudo na mesma base dos Espartanos, feito com um metal vermelho, especial de ares, grande. Havia o símbolo de Ares na frente do mesmo, e nada passa por esse escudo. Aumenta em 10%a defesa absoluta. [By: Ares](Item Obrigatório)

Ω Espada Esparta - É uma espada longa, cerca de 1,50 de comprimento, feita de metal vermelho, especial de ares, normalmente seria uma espada de duas mãos, mas para os filhos de Ares manuseiam com facilidade com uma das mãos. (Item Opcional).

[/i][/right][/right]

This Sparrtaaaaaaaaaaaaaa!!!

@Thay




[/color]

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------













Lucas S. Granbry
avatar
Lucas S. Granbry
Indefinidos
Indefinidos

Mensagens : 20
Data de inscrição : 04/02/2013

Ficha do personagem
Level: 3
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
350/350  (350/350)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Rafael L. Máximos em Sex Abr 05, 2013 12:16 pm

Sophia: seu post mostrou a dificuldade de derrotar o monstro, isso é bom, afinal, ninguém mata um monstro com facilidade sem experiência. Mesmo assim, o testo não ficou muito bem estruturado. Encontrei erros na concordância e alguns "furos" no texto, o que me fez ficar um pouco perdido na leitura. Sinto muito mas, Reprovada. Fique a vontade para tentar novamente.

Thales: seu teste foi confuso, uma hora parecia que você estava a beira da morte e do nada isso mudou, sem a menor lógica. Encontrei algumas palavras repetidas e erros de escrita. Reprovado.

Lucas: muitas palavras repetidas, frases sem nexo algum que não são necessárias, evite repetir o seu nome com tanta frequência, use outras palavras para referir-se ao personagem (garoto, menino...), use espaçamento depois da pontuação. Reprovado.
Todos podem refazer o teste.

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

Eles podem me matar, mas a superioridade moral é minha.
(Doctor Who)
avatar
Rafael L. Máximos
Filhos de Macária
Filhos de Macária

Mensagens : 1010
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Level: 100
Energia:
990/990  (990/990)
HP:
999/999  (999/999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ♦ Teste para Ceifador de Thanatos ♦

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum