Teste de Reclamação de Charlotte M. Black.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Teste de Reclamação de Charlotte M. Black.

Mensagem por Charlotte M. Black em Seg Jun 16, 2014 9:07 pm

Um Black nunca desiste.
Nome: Charlotte Maddison Black
Idade: 16 anos.
Local de Nascimento: New York, Estados Unidos.
Nome do(a) progenitor(a) mortal: Ryan Carter Black
Nome do(a) progenitor(a) divino(a): Melinoe.
Descreva como você é, física e psicologicamente:
Charlotte é uma garota quieta e fria. Não se interessa por outras pessoas, isso inclui sua vasta família. São raras as vezes em que é possível vê-la sorrindo. A garota está sempre mexendo em alguma coisa devido ao TDAH. Apesar disso, é extremamente fiel aos seus verdadeiros amigos. A Black possui um corpo sem curvas desenhadas, um cabelo castanho escuro comprido e um rosto pálido. Os olhos do mesmo tom que os fios do seu cabelo. Em seu abdômen, uma marca de nascença em forma de estrela se fazia presente.

Conte sua história, narrando desde sua infância até sua chegada ao Acampamento:
Um bebê fora deixado em frente a porta de um orfanato em New York. Era um dia chuvoso e frio, um pouco incomum para a época do ano. O bebê chorava alto, contorcendo-se dentro dos cobertores que o cobriam.
O seu choro chamou atenção da irmã que cuidava do orfanato e a mesma desceu as escadas apressadamente, apertando o roupão bege contra o corpo.
Abriu a porta e arfou ao ver a criança se contorcendo. Com cuidado, abaixou-se para segurar nos braços. O aninhou em seu peito ao fechar a porta, tentando acalmá-lo.
Maggie não podia negar. Era uma criança linda, com, no máximo, poucas semanas de vida. Doía em seu coração ver mais uma criança sendo abandonada por seus pais. Sem lar, sem família e sem ninguém.
Ninguém merecia uma vida assim.

---

O bebê cresceu e se tornou uma garota problemática. Nem Maggie conseguia conter as peripécias de Charlotte. No dia seguinte a chegada da menina ao orfanato, Maggie encontrou uma carta dentro dos cobertores que a cobriam. Não era bem uma carta, era apenas um bilhete, com o nome da garota.
Charlotte Maddison Black.
Não havia explicações. Não havia documentos e nem contatos a quem recorrer. Os únicos registros de um Black que Maggie encontrou era em Londres. Era distante demais para a jurisdição da senhora. Com o tempo, ela simplesmente esqueceu.
Mas Charlotte não.
Ela sempre quis saber quem eram seus pais. E o porque que a abandonaram. Era duro saber que fora um incomodo. Provavelmente uma gravidez não planejada que nenhum dos seus parentes queria. E então simplesmente a largaram do mundo, sem se importar.
Pelo menos ela tinha Isaac. O jovem garoto que apenas ela via. Sim, Charlotte era uma garota tão solitária que projetou um próprio amigo imaginário. Pelo menos era o que ela acreditou ser.
Durante todos os anos que passou no orfanato, ninguém nunca se interessou em adotar Charlotte. Isso era quase tão ruim quando ter sido abandonada pelos próprios pais.
Em função disso e após anos de insistência de Isaac, a garota fugiu do orfanato, deixando todo o seu passado para trás. Toda a vida que construíra no orfanato que, apesar de não ser grande coisa, era quem ela era.
Viver nas ruas não era complicado, pelo menos com o auxílio de Isaac. Ele lhe dizia quem seria mais fácil roubar e quando deveriam partir para outro lugar. Isaac havia ensinado a garota que ela não podia permanecer muito tempo no mesmo lugar, que isso chamava atenção.
Atenção do que ou de quem, Charlotte não sabia dizer naquela época.
Foram semanas indo de rua em rua, roubando comida e dormindo em caixas de papelão até Isaac lhe contar para onde estava a levando. Primeiramente, Charlotte não entendeu, mas deixou ser guiada até o Acampamento Meio-Sangue, curiosa para saber o que a vida lhe reservada por lá.
Ela só não esperava outra decepção.

I ❥ Larissa
avatar
Charlotte M. Black
Indefinidos
Indefinidos

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/06/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Reclamação de Charlotte M. Black.

Mensagem por Circe em Seg Jun 16, 2014 10:23 pm

Humanos abandonarem meio-sangues é aceitável, mas vai ter que explicar melhor porque seu pai (sendo um meio-sangue) a abandonou mesmo sabendo dos perigos que ia enfrentar e que poderia nem sobreviver. Explique melhor quem é o Isaac e desenvolva mais sua chegada ao Acampamento, não pode ter passado tanto tempo no orfanato sem ter problemas com seu cheiro e viver na rua, para alguém que sempre fora cuidado antes, é complicado. Melhore isso e tente de novo.

Reprovada

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------



Circe
"Gostosuras ou travessuras?"
avatar
Circe
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 109
Data de inscrição : 15/02/2014
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum