Ficha de Reclamação

Página 4 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha de Reclamação

Mensagem por Narrador em Qua Dez 26, 2012 9:22 am

Relembrando a primeira mensagem :

Os semideuses que desejam ser reclamados devem postar sua Ficha de Reclamação NESTE tópico... Aqui vai a Ficha:


1) Nome:

2) Quer ser filho de qual deus? (3 grandes e Nyx requer teste especial)

3) Por que quer ser filho desse deus?

4) Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido.

5) Narre sua história (Não haverá limites de linha, use e abuse de sua imaginação).



Última edição por Narrador em Sex Dez 28, 2012 7:43 am, editado 1 vez(es)

Narrador
Mortos
Mortos

Mensagens : 141
Data de inscrição : 24/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Qua Jan 30, 2013 7:33 pm

Skylar Jean Mascagni >> Aprovada filhota *u*

♦ Atualizado ♦

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Louise Françoise em Qui Jan 31, 2013 10:45 pm

1) Nome: Louise Françoise

2) Quer ser filho de qual deus? (3 grandes e Nyx requer teste especial) Atena

3) Por que quer ser filho desse deus? Por que é a deusa mais inteligente e otima estrategista

4) Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido. Inteligencia e otima em fazer planos.

5) Narre sua história (Não haverá limites de linha, use e abuse de sua imaginação).
Era meu primeiro dia no meu cursinho de ingles. Meu pai tinha me deixado lá e ido trabalhar. Eu era novata e todos ja se conheciam lá, entao me senti excluida, até um garoto baixinho de cabelos castanhos encaracolado, se aproximou de mim e perguntou:
- Posso me sentar do seu lado? - e apontou pra cadeira vazia do meu lado.
Fiz que sim com a cabeça e ele se sentou. A professora entrou na sala e todos se sentaram nas suas respectivas cadeiras. A professora era magra e usava um casaco de lã e um jeans velho e surrado.
Ela chamou meu nome e me apresentou na frente da turma dizendo:
- Essa é a Louise Françoise gente. Aluna nova. - dei um oi fraquinho e depois me sentei no meu lugar do lado do garoto cacheado.
A professora passou a aula inteira me encarando. Fiquei muito feliz quando o sinal de fim de aula bateu. Fui pra frente do curso e fiquei esperando meu primo me buscar. A professora me seguiu e veio falar comigo:
- Olá querida! Seja bem-vinda! Você poderia vim aqui? Preciso te entregar uns trabalhos pra você nao ficar atrasada na materia.
- Claro.- e segui ela até uma sala pequena.
Ela fechou a porta e se virou na minha direção com olhos vermelhos e disse:
- Nossa, que filha de Atena tolinha! Nem parece ser filha da deusa da sabedoria.
- O que a senhora esta dizendo? Filha de quem? Deusa?
Ela pulou em cima de mim, se transformando em uma mulher passaro estranha. Corri na direção da mesa e peguei um grampeador que tava em cima e taquei na direção dela. Ela desviou facilmente e depois começou a voar na minha direção. Ela ja estava do lado da porta, vindo na minha direção, quando a porta abriu e acertou ela bem no rosto. Na porta apareceu o menino de cabelos cacheados que disse:
- Anda Louise, me siga! - corri na direção da porta e segui ele até uma pequena vã branca.
Ele indicou pra eu entrar e eu entrei querendo fugir o mais rápido possivel da professora passaro. Ele ligou a vã e dirigiu rapido até uma rua pequena.
-Ei, pra onde estamos indo? Preciso ligar pro meu pai! - falei apressada
- Calma! Ja falei com seu pai! Ele sabe de tudo! Estou levando você pro unico lugar seguro pra você.
- Epa epa epa! Como assim meu pai sabe? O que ta acontecendo?
- Você é uma semideusa! Filha de Atena, apesar de ser lerdinha.
Ele continuou dirigindo até uma estrada cheia de fazendas e colinas, e parou na frente de um colina com um pinheiro na frente e disse:
-Chegamos! Sua nova moradia!- e deu um sorriso torto
- Como assim nova moradia? Eu nao trouxe nenhuma roupa.
- Seu pai, já tinha mandado, ele sabia que um dia você viria pra cá.
Olhei pra ele incredula e depois sai andando colina acima com raiva, ele me seguia e me disse:
- Não fique brava! Tudo ira melhora, e você deve ir naquela casa grande branca ali primeiro. Eu te levo lá.- e me levou até uma construção grande e branca.
Depois que ele me levou na casa grande, me amostrou o acampamento meio- sangue como as pessoas por lá chamavam e me disse que eu era uma semideusa filha de Atena e que encontraria varios irmaos no chalé.
Sorri e disse:
- Brigada, qual é o seu nome mesmo?
- De nada, sou Guilherme, sou um semideus. - e sorriu me deixando na frente de uma fogueira.
Me despedi e fiquei olhando a minha volta os campistas.
avatar
Louise Françoise
Filhos de Atena
Filhos de Atena

Mensagens : 3
Data de inscrição : 31/01/2013

Ficha do personagem
Level: 1
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Rafael L. Máximos em Qui Jan 31, 2013 10:54 pm

Razoável. Reclamada

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

Eles podem me matar, mas a superioridade moral é minha.
(Doctor Who)
avatar
Rafael L. Máximos
Filhos de Macária
Filhos de Macária

Mensagens : 1010
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Level: 100
Energia:
990/990  (990/990)
HP:
999/999  (999/999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidado em Sex Fev 01, 2013 12:17 am

1) Nome: Donna Allen

2) Quer ser filho de qual deus? (3 grandes e Nyx requer teste especial).
Melinoe

3) Por que quer ser filho desse deus?
Não tem o deus Hipnos, então vai ser a deusa dos fantasma, ela e a minha segunda opção, pois ela e uma deusa muito legal e irada, além disso adoro historia de fantasma.

4) Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido.
Donna tem cabelos lisos e negros que vão ate a cintura, olhos cor azuis escuros, pele branca, só um pouquinho pálida, altura mediana, Donna e um pouco tímida e sozinha, e também as vezes sarcástica, passa mais tempo falando com os mortos do que com gente viva.

5) Narre sua história (Não haverá limites de linha, use e abuse de sua imaginação).

Eu havia acordado em um lugar diferente do meu quarto, acordei em uma espécie de enfermaria, quando percebo que Steve esta do meu lado olhando acima da minha cabeça, olhei acima da minha cabeça e vejo um símbolo estranho e brilhante, olhei para o Steve e pergunto:

-O que é isso?-Ele olha assustado para mim e sai correndo da enfermaria-Ok, obrigado pela informação-Eu disse gritado pra ele.

Como eu vim parar aqui? Eu me perguntei, então eu começo a lembrar:

-Acorda dorminhoca-Disse a tia Anne- Vamos acorde, a senhorita dorminhoca não vai voltar a dormir-Disse novamente, só que me empurrando para o chão.

A tia Anne sai do quarto e eu me levanto sonolenta, caminho para o banheiro e tomo uma ducha rápida e vou escovar os dentes, chego no quarto novamente e vou me trocar, pego os meus uniformes pretos de sempre e me visto, penteio o meu cabelo e calço a meia e a sapatilha preta, pego a mochila e vou para o andar de baixo, aquele dia ia ser chato, muito chato, a tia Anne já havia saído, vou ate a cozinha para pegar o meu lanche, saio da cozinha e vou para fora de casa, caminho ate a parada de ônibus escolar, hoje, nos(eu), a turma 171 iriamos para uma excussão no museu de ciências naturais de Nova Iorque(MCNNI), realmente seria um dia muito chato e tedioso. O maldito ônibus chegou, entro e vou a procura do meu(único) amigo, passo por todos (basicamente não prestando atenção a eles), encontro ele, Steve Jones, um garroto baixo e branco, cabelos castanho e oleosos, ele tem um problema serio de acne, sempre assustado, bem, e assim que Steve é. Me sentei no lado dele, demos nosso aperto de mão secreto e conversamos besteira. A minha casa era a ultima, então fomos direto para o museu, o dia passou rápido e chato como eu esperava(a não ser o Steve e suas besteiras), segou a hora de ir para casa, quando, Steve me chamou para ir ao banheiro(ele tem sérios problema de pânico), o museu estava perto de fechar(em 5 minutos para ser exata), fomos ao banheiro, saindo de lá, Steve me puxa para uma sala, então ele fala:

-Donna, você e uma semideusa!

-Que?

Ele começo a explicar as coisas, no inicio eu não estava acreditando mas depois passei a acreditar, a minha cabeça estava girando, tantas perguntas...Ate que fomos surpreendidos por uma voz assustadora, a nossa professora de ciências ou uma mulher cobra muita parecida com ela, então ela fala:

-Vejo que já sabe!- Disse ela sibilando- Hora do lanchinho!

Steve correu ate ela só que ela desviou ele jogando para o outro lado, ele caio, ela voltou a direção para, Steve pegou um microscópio e tacou na cabeça dela, ela sibilou e se virou para ele, os dois começaram a brigar feio, eu tinha que fazer alguma coisa, eu pequei um outro microscópio, olhei paras os todos os lado, quando vejo atrás de mim um microscópio gigante de enfeite, eu joguei o microscópio nela, ela parou de escanar o Steve e veio para cima de mim, ela me empurrou ate o telescópio gigante, eu senti o ferro que estava segurando o microscópio, senti que ela me pressionou com muita força ate a parede depois disso eu desmaie.

-Então foi isto que aconteceu-Eu disse baixinho para mim mesmo.

Steve entra e diz:

-Você estar bem?

-Eu estou melhor...

-Ótimo, você e filha de Melinoe!

-Que?

-Você dormiu por três dias e não morreu com o esmagamento, ai quando você acordou apareceu o símbolo de Melinoe!...

Agora eu tinha sido reclamada por Melinoe.


Última edição por Donna Allen em Sex Fev 01, 2013 8:26 am, editado 1 vez(es) (Razão : Só dei uma pequena modificada!)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Sex Fev 01, 2013 5:03 am

Até que a ficha estava boa, mas não temos Hipnos no forum, você poderá utilizar a mesma ficha e editá-la se quiser.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidado em Sex Fev 01, 2013 8:54 am

1) Nome: Donna Allen

2) Quer ser filho de qual deus? (3 grandes e Nyx requer teste especial).
Melinoe

3) Por que quer ser filho desse deus?
Não tem o deus Hipnos, então vai ser a deusa dos fantasma, ela e a minha segunda opção, pois ela e uma deusa muito legal e irada, além disso adoro historia de fantasma.

4) Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido.
Donna tem cabelos lisos e negros que vão ate a cintura, olhos cor azuis escuros, pele branca, só um pouquinho pálida, altura mediana, Donna e um pouco tímida e sozinha, e também as vezes sarcástica, passa mais tempo falando com os mortos do que com gente viva.

5) Narre sua história (Não haverá limites de linha, use e abuse de sua imaginação).

Eu havia acordado em um lugar diferente do meu quarto, acordei em uma espécie de enfermaria, quando percebo que Steve esta do meu lado olhando acima da minha cabeça, olhei acima da minha cabeça e vejo um símbolo estranho e brilhante, olhei para o Steve e pergunto:

-O que é isso?-Ele olha assustado para mim e sai correndo da enfermaria-Ok, obrigado pela informação-Eu disse gritado pra ele.

Como eu vim parar aqui? Eu me perguntei, então eu começo a lembrar:

-Acorda dorminhoca-Disse a tia Anne- Vamos acorde-Disse novamente, só que me empurrando para o chão.

A tia Anne sai do quarto e eu me levanto sonolenta, caminho para o banheiro e tomo uma ducha rápida e vou escovar os dentes, chego no quarto novamente e vou me trocar, pego os meus uniformes pretos de sempre e me visto, penteio o meu cabelo e calço a meia e a sapatilha preta, pego a mochila e vou para o andar de baixo, aquele dia ia ser chato, muito chato, a tia Anne já havia saído, vou ate a cozinha para pegar o meu lanche, saio da cozinha e vou para fora de casa, caminho ate a parada de ônibus escolar, hoje, nos(eu), a turma 171 iriamos para uma excussão no museu de ciências naturais de Nova Iorque(MCNNI), realmente seria um dia muito chato e tedioso. O maldito ônibus chegou, entro e vou a procura do meu(único) amigo, passo por todos (basicamente não prestando atenção a eles), encontro ele, Steve Jones, um garroto baixo e branco, cabelos castanho e oleosos, ele tem um problema serio de acne, sempre assustado, bem, e assim que Steve é. Me sentei no lado dele, demos nosso aperto de mão secreto e conversamos besteira. A minha casa era a ultima, então fomos direto para o museu, o dia passou rápido e chato como eu esperava(a não ser o Steve e suas besteiras), segou a hora de ir para casa, quando, Steve me chamou para ir ao banheiro(ele tem sérios problema de pânico), o museu estava perto de fechar(em 5 minutos para ser exata), fomos ao banheiro, saindo de lá, Steve me puxa para uma sala, então ele fala:

-Donna, você e uma semideusa!

-Que?

Ele começo a explicar as coisas, no inicio eu não estava acreditando mas depois passei a acreditar, a minha cabeça estava girando, tantas perguntas...Ate que fomos surpreendidos por uma voz assustadora, a nossa professora de ciências ou uma mulher cobra muita parecida com ela, então ela fala:

-Vejo que já sabe!- Disse ela sibilando- Hora do lanchinho!

Steve correu ate ela só que ela desviou ele jogando para o outro lado, ele caio, ela voltou a direção para, Steve pegou um microscópio e tacou na cabeça dela, ela sibilou e se virou para ele, os dois começaram a brigar feio, eu tinha que fazer alguma coisa, eu pequei um outro microscópio, olhei paras os todos os lado, quando vejo atrás de mim um microscópio gigante de enfeite, eu joguei o microscópio nela, ela parou de escanar o Steve e veio para cima de mim, ela me empurrou ate o telescópio gigante, eu senti o ferro que estava segurando o microscópio, senti que ela me pressionou com muita força ate a parede depois disso eu desmaie.

-Então foi isto que aconteceu-Eu disse baixinho para mim mesmo.

Steve entra e diz:

-Você estar bem?

-Eu estou melhor...

-Ótimo, você e filha de Melinoe!

-Que?

-Você dormiu por três dias e não morreu com o esmagamento, ai quando você acordou apareceu o símbolo de Melinoe!...

Agora eu tinha sido reclamada por Melinoe.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Sex Fev 01, 2013 11:14 am

ACC, bem vinda! nova filha de Melinoe.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Brandon C. Wayne em Sex Fev 01, 2013 8:05 pm


maybe you're gonna be the one that saves me;

1) Nome: Brandon Carvin Wayne

2) Quer ser filho de qual deus? Érebo

3) Por que quer ser filho desse deus? Por ele ser o deus da escuridão, um dos mais poderosos deus primordial, um dos maiores inimigos de Zeus e um dos meus deuses favoritos. Foi para o Tártaro, sendo preciso dois deuses olimpianos e uma deusa primordial para conseguir mandá-lo para lá.

4) Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido.

Sou orgulhoso, gosto de escuro. Tenho senso de liderança, sei como comandar um grupo de pessoas, não tenho medo de nada, porém tenho vários defeitos. Sou honesto, prefiro uma morte honesta do que uma vitória suja.

5) Narre sua história (Não haverá limites de linha, use e abuse de sua imaginação).

Nasci em Liverpool, Inglaterra, e me mudei para Nova York aos 15 anos. Minha vida era normal, saía com os amigos, ia para festas, não tirava notas boas, nem ruins, tocava em uma banda, até um certo dia. Estava no último dia de treino no ano, na Universidade de Nova York, estava no último treino de basketball, o treinador havia me chamado, e pedira que eu ficasse mais tarde para um treino individual para a próxima temporada. Após algumas horas, o treinador reapareceu, agora na forma humanoide de touro, sem saber o que fazer, fugi em direção a saída mas algo me puxou pela perna, tentei lutar mas não consegui, ao me puxar pelo pé, me levou deslizando pela chão da quadra, parando somente após bater na parede no fundo da quadra. Tento me levantar mas não consigo, minha costela doía muito, fitei o treinador. Ele abriu a mão e um martelo se materializou , pouco antes de chegar perto de mim. Tento fugir, mas ele estava próximo de mais de mim, e me atacou, mas algo deteu a lâmina, mas não algo sólido, parecia uma nuvem negra. Percebo que a nuvem se juntou perto do monstro e ao inalar a nuvem, ele se ajoelhou e começou a se desintegrar de pouco em pouco, até que por fim, virar um monte de pó que se espalhou pela quadra. A nuvem parou por longos 5 minutos, mal conseguia me mover de tão perplexo. Até que a nuvem flutuou até a minha direção, minhas pernas pareciam não corresponder ao meus comandos. Prendo a respiração, pronto a não inalar a nuvem, mas antes de chegar perto de mim, a nuvem se materializou em algo sólido. Um homem. Ele andou em sua direção e colocou o dedo na minha testa. Seu dedo era gelado, ao mínimo toque, a minha visão escureceu, meu cérebro pareceu derreter, igual aos meus músculos, só me lembro de ter caído de cara no chão frio da quadra. Mal, sabia que minha vida iria mudar após aquele dia, sinceramente queria minha vida normal de volta. Mas o caminho que segui é um caminho que não tem volta.


TAG: TAGS; WEARING: [url=polyvore.com]POLYVORE[/url]; NOTES: NOTES; THANKS MIIRA ♥ OPS! [/color]


and after all, you're my wonderwall.




avatar
Brandon C. Wayne
Indefinidos
Indefinidos

Mensagens : 4
Data de inscrição : 31/01/2013

Ficha do personagem
Level: 1
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Sab Fev 02, 2013 12:31 am

Reclamado e Atualizado.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Minha chegada ao Acampamento

Mensagem por Chandler L. Yank em Sab Fev 02, 2013 8:52 am

1) Nome: Chandler Luke Yank

2) Quer ser filho de qual deus? Hermes.

3) Por que quer ser filho desse deus?
Cara, antes de descobrir sobre mitologia, tive um seminário na escola. Qual deus eu peguei para falar? Hermes!
Lendo a história eu comecei a pensar coisas como: "Nossa, que demais", "Esse cara é bom", "Hahahaha, roubou o rebanho do irmão dele", "Caraca, o cara entra e sai do submundo quando quer", "É o deus mais tri".
Após descobrir sobre os outros, ler os livros do Percy e tudo mais, nada mudou esta ideia.

4) Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido.
Cara, sou esperto. Não, é sério! Eu sei deixar as pessoas irritadas, ou fofas, ou molengas. Claro, não faço essas coisas em off, acho sacanagem, mas em um fórum, como filho de Hermes... Vocês e entendem, não é? xD
Sou quase um atleta... é que não sou patrocinado, mas gosto de esportes (praticá-los).

5) Narre sua história (Não haverá limites de linha, use e abuse de sua imaginação).
Eu era um jogador de basquete. Não, o melhor jogador de basquete. É... de toda escola. Não, do bairro. É, do bairro.
Sou magro, não anoréxico, nenhum esqueleto ambulante, apenas magro. Tenho 1,80 m, eu acho. Faz tempo que não me meço.
Eu estudava em Manhattan (é assim que escreve, é não sei escrever o nome da minha cidade), tinha uma casa em Manhattan, mas não posso dizer que morava la. Eu estava sempre pra lá e pra cá, com o time da escola. Treinando, ganhando. Claro, comigo o pessoal se dava bem. Meu aproveitamento em cesta de 3 pontos, eram de 95%. E o resto do time não era incompetente, éramos "os caras".
Porém, naquela noite... ah, cara... eu ia ganhar o troféu de "Cestinha de Ouro", que na verdade não era ouro, era de latão intado de spray dourado, mas tinha um significado pra mim, ok?
Alguma coisa me chamou atenção no banheiro feminino... mulheres! Haha, brincadeira... Eu ouvi um rugido na verdade. Não, era... não sei o que era. Entrei lá e vi um touro, não... um homem touro... algo que eu não saberia descrever a vocês porque logo fui notado e tive que correr muito. MUITO. O mascote do time, estava correndo ao meu lado. Ele não e acompanhava, então tirou as calças (momento super apropriado para o mesmo), e jogou os tênis fora. Cara, eu vi dois pés de... de... bode. Ou algo parecido. Em um instante ele estava ao meu lado. Eu fiquei perdido, claro. O Mascote do meu time era metade bode e um chifrudo com cara de touro corria atrás de mim. Uma coisa que se vê todos dias, com todo mundo.
Ele me levou para um acampamento. Eu não sei quanto corremos, mas foi muito. Eu estava bem, já ele... respirava com dificuldade. O Touro havia sumido.. afinal, ele era muito lento, ou e o mascote éramos máquinas de correr. Cheguei lá em um chalé lotado e fiquei por ali. Eu estava sem nada. Ei, estava com roupa, eu quis dizer que era só o que tinha.
avatar
Chandler L. Yank
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 14
Data de inscrição : 01/02/2013

Ficha do personagem
Level: 2
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Sab Fev 02, 2013 9:00 am


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Dom Fev 03, 2013 10:22 am

1) Nome:
Tommy Valastro

2) Quer ser filho de qual deus?
Hermes

3) Por que quer ser filho desse deus?
Porque gosto de Hermes, tanto quanto gosto dos três grandes, me interesso pelas histórias dele na mitologia grega e acho que é o melhor deus grego que eu poderia escolher pra ser meu pai.

4) Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido.
Sou parecido com ele, exceto pelos cabelos morenos. Sou extremamente rápido, sempre ganhava as competições de corrida na escola e tenho uma grande agilidade pra pegar o que eu quiser dos outros sem que eles percebam.

5)Narre sua história

Meu nome é Tommy, moro na Itália, em uma cidadezinha no interior do país a cerca de 60km da capital. Minha família é de classe média, não somos nem ricos nem pobres. Moro em uma casa numa parte afastada da cidade, em um conjunto de chácaras e lá plantamos nossa própria comida e tudo mais... como bons fazendeiros. O garoto vizinho da minha chácara é muito esquisito, porém é meu melhor amigo. Eu tenho uma paixão secreta pela garota que mora na chácara de frente com a minha, mas meu vizinho nunca me deixa sozinho com ela. Nós três estudamos na mesma escola, uma van vem nos buscar todos os dias e nos leva para lá.

Naquela tarde de segunda, voltei pra casa com um bilhete pra minha mãe. Ah, esqueci de falar, eu moro com a minha mãe e nunca vi meu pai, minha mãe diz que ele sumiu no dia que eu nasci. Às vezes minha mãe arranja um namorado, mas logo terminam. Nunca tive raiva do meu pai, ele devia ter um motivo maior por não ter ficado comigo durante minha vida.

Voltando ao bilhete, nós faríamos uma excursão para Roma na sexta-feira e minha mãe precisava assinar uma autorização. Fiz um charme a a convenci de me deixar ir, mas senti um tom de preocupação quando chegou a sexta-feira.

A van nos buscou e nos levou até a escola. De lá, nós pegamos um ônibus de viagem e saímos estrada afora com aqueles animadores retardados cantando canções infantis italianas pras crianças. Mas me senti no paraíso pois fui sentado do lado da Andrea, minha paixão secreta, fomos conversando durante a viagem toda. Ela quis saber tudo sobre mim e eu quis saber tudo sobre ela.

Quando chegamos em Roma, a professora nos guiou pela cidade toda, pelo fato de eu ter TDAH, não prestei muita atenção em nada do passeio. A professora entregou nossa turma para uma outra professora e pediu que eu a acompanhasse até um lugar reservado. Olhei para trás e percebi que Andrea escapou da nossa turma e veio atrás de mim.

Quando estávamos bem afastados, a professora se virou para mim e disse:

-Estou com fome - A voz não era dela.

Os olhos dela ficaram brancos, ela tirou o casaco e das costas dela saíram duas asas enormes. Suas mãos viraram garras e ela levantou voo. Ela havia virado um... monstro horrível.

-Afaste-se! - Ouvi duas vozes falando em uníssono atrás de mim. Eram Andrea e Carlos, meu vizinho.

Andrea tirou um arco de sua mochila e algumas flechas, Carlos tirou uma flauta de bambu do bolso.

-Corra! O mais rápido que puder! - Gritou Andrea

Eles começaram a travar uma luta horrível com a harpia, algo me disse que aquele era o nome do monstro. Fui correndo, atravessando as ruas e me desviando das pessoas com uma agilidade enorme. Até entrar em um bosque. Depois de alguns minutos escondido, ouvi a voz de Andrea e uma van estacionando.

Quando percebi, já estava dentro de uma van sendo levado para minha casa. Peguei tudo o que pude, perfumes, roupas e tudo mais e coloquei dentro de uma mala. Minha mãe me deu um último abraço e eu fui colocado a força dentro da van, de lá fui levado para o aeroporto da cidade mais próxima.

Do aeroporto, descemos em Long Island, havia uma van nos esperando mais uma vez. Só que o motorista tinha olhos espalhados por todo o corpo. Ele nos levou as pressas até uma colina com um enorme pinheiro no topo. Subi ela ao lado de Andrea e Carlos.

Finalmente, chegamos ao nosso destino. Era um acampamento de verão, onde havia um refeitório e várias construções em forma de U invertido. Andrea me explicou que eu era um semideus, filho de um deus grego e por isso nunca vi meu pai, pois Zeus proibia os deuses de verem seus filhos. Bem... fiquei meio cético no início, mas depois percebi que aquela história fazia sentido.

Eles me colocaram num quarto dentro do chalé do deus Hermes, chamado quarto dos indefinidos. Quando vi que tudo havia passado, sentei-me no colchão que haviam me arranjado e chorei até dormir, exausto.



Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Dom Fev 03, 2013 10:30 am


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Pedro Vasconcelos em Dom Fev 03, 2013 11:02 am

1) Nome: Pedro Vasconcelos

2) Athena

3) Porque me sinto mais atraído pelas coisas que precisão de mais raciocínio logico.

4) Sou muito logico e gosto muito de coisas de arquitetura.

5) Eu morava em Gravity Falls com meu pai Gustavo Vasconcelos ele era Arquiteto, sempre que ia perguntar por minha mãe ele sempre contornava a situação e nunca dizia quem ela era só dizia que era uma grande fã de seus desenhos de Arquitetura, ao completar 12 anos estava indo a escola quando uma velha senhora me agarrou e tentou me matar com uma agulha de costura consegui desviar de seus golpes, mas ela era muito agiu e consegui fazer um rasgo em meu braço, quando pensava que estava tudo perdido um garoto muito estranho sai de um beco e da um soco na cara da velhota ela cai e berra muito alto. E ele me diz:
- Oi Sou Josépe seu protetor.
- Meu protetor?
- Sim, você é um semi-deus e temos que sair daqui antes que venha mais criaturas lhe pegar, vamos para o acampamento.
- Que acampamento, semi-deus?
-Sim acampamento meio-sangue e você é um filho de deus grego.
- Esta bem vamos para esse tal Acampamento meio-sangue.
Josépe e eu fomos ate o acampamento meio sangue e Quíron me guiou ate o chalé de Hermes pois ainda não fui proclamado por meu pai ou minha mãe e ficarei lá ate ele me proclamar. em quanto não sou proclamado treino minhas habilidades de arco e flecha.
avatar
Pedro Vasconcelos
Ceifadores de Tânatos
Ceifadores de Tânatos

Mensagens : 51
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Level: 6
Energia:
135/135  (135/135)
HP:
135/135  (135/135)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Dom Fev 03, 2013 12:05 pm

Pedro Vasconcelos: Não Aceito
Pedro, pode não parecer mas a ficha é importante. E sabemos que você pode fazer melhor, se quiser.
Elabora respostas melhores e uma história mais completa que será aceito com toda a certeza

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Pedro Vasconcelos em Dom Fev 03, 2013 12:36 pm

1) Nome: Pedro Vasconcelos
2) Athena

3) Porque me sinto mais atraído pelas coisas que precisão de mais raciocínio logico.

4) Sou muito logico e gosto muito de coisas de arquitetura.

5)Pedro um garoto meio estranho, vivia com seu Pai Gustavo na cidade de Gravity Falls. Gustavo era um arquiteto muito bom já tinha visitado outros países por ser bom em sua profissão, Pedro não sabia muito de sua mãe, seu pai mal falava de sua existência. Pedro estudava na escola Granph fazia o 1 ano e seria onde seu sonho era se torna professor de física sua matéria preferida na escola, alguns dos alunos de sua sala tinham raiva de Pedro por ser muito sábio, Pedro já teve que enfrentar muita coisa, já foi jogado em latas de lixo ,já foi trancado varias vezes no armário entre outras coisas. Certo dia ao sair da escola Pedro foi cercado por vários meninos com pedaços de pau na mão, Pedro levou varias pauladas em seu corpo. Ao chegar em casa todo machucado e andando lentamente viu seu pai conversando com um Homem de pele escura bem vestido que levava unas malas na mão, Quando Pedro chegou na porta de sua casa não aguentou por muito tempo e desmaiou.
Depois de um dia desmaiado no Hospital, o garoto tinha acordado e já estava bem seu pai e o cara estranho de antes estavam em seu lado, o garoto não sabia oque estava acontecendo direito, então seu pai o lhe explicou tudo, Pedro ficou meio confuso ao saber que era um semi-Deus e que sua mãe era Atena a deusa da sabedoria, Seu pai deu lhe um pedaço de metal e falou que tinha sido feito por ele mesmo. Dia seguinte Pedro já estava com as malas prontas para ir ao acampamento deu o ultimo abraço em seu pai e entrou no carro do tal homem que se chamava Joseph o seu protetor.
No caminho para ir ao acampamento o carro deu prego, sorte a deles que já estava na floresta do acampamento, seguindo alguns passos Pedro percebeu algo estranho e quando menos esperava uma javali comum mais de aparência tenebrosa o ataca jogando-o longe, Joseph grita para o garoto usar o objeto que seu pai deu a ele,Pedro pegou o objeto acionou tornando-se uma pequena espada de prata, o javali correu em direção a Pedro mais uma vez, o garoto pulou e introduzi-o a espada na cabeça do javali então Pedro e Joseph correram para uma espécie de porta dando acesso ao acampamento. Ao pisar no acampamento Pedro e recebido por varias palmas dos campistas semi-deuses.
avatar
Pedro Vasconcelos
Ceifadores de Tânatos
Ceifadores de Tânatos

Mensagens : 51
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Level: 6
Energia:
135/135  (135/135)
HP:
135/135  (135/135)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Dom Fev 03, 2013 1:17 pm

Reprovado... Não gostei muito de sua ficha, conte mais sobre vc, detalhe mais a história, seja o semideus, n faça algo com pressa.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Pedro Vasconcelos em Dom Fev 03, 2013 1:41 pm

1) Nome: Pedro Vasconcelos
2) Athena

3) Porque me sinto mais atraído pelas coisas que precisão de mais raciocínio logico.

4) Sou muito logico e gosto muito de coisas de arquitetura.

5)Bem sou Pedro moro com meu pai Gustavo na cidade de Gravity Falls. Meu pai é Arquiteto e nunca paramos em uma cidade por muito tempo porque ele sempre tem que viajar a trabalho. Na escola sou um ótimo aluno pode se dizer que sou um Geek todos invejam minha inteligência.
Parecia um dia comum estava fazendo uma avaliação de Aritmética quando a diretora chamou meu nome, logo fiquei surpreso, pois nunca avia sido chamado na diretoria. Ao chegar lá ela estava segurando uma laça e a apontou para mim fiquei logo nervoso por que ela foi sempre muito boa comigo, mas avia algo de diferente nela ela parecia que estava possuída.
Ela lançou a lança contra mim e foi quando de repente a porta da sala se abre e um garoto se joga entra a lança e eu. Fico impressionado aquele garoto do 2ª ano que nunca falou comigo se joga entre uma lança e eu porque ele fizera isso?
A Sra.Rolles Grita:
- Maldito Sátiro por que se jogaste na frente deste moleque.
- porque sou o protetor dele e você ira morre maldita.
Josépe joga um anel e fala para eu coloca-lo em meu dedo e gira. E foi o que eu fiz girei e o anel se transformou em um grande escudo dourado com um desenho amedrontador de uma Medusa, Logo a Sra.Rolles se assustou e com a imagem e o Josépe a cortou com uma pequena face de bronze. E ela se trona pó.
-Vamos sair daqui, antes que mais dessas apareça.
- Que tipo de criatura era essa?
- Era uma Harpia.
- Vamos temos que chegar logo na casa de sue pai ele saberá o que fazer.
Chegamos a casa e meu pai contou-me uma pequena previa de quem era minha mãe, ele disse que eu era um meio-sangue e que minha mãe era a mulher mais linda do mundo e que ela era um deusa grega (Literalmente) a deusa da sabedoria por isto eu era muito sabia, pois era filho de Athena e que minha vida nunca mais seria a mesma, por isto tinha que ir para ao acampamento meio-sangue.
Chegando ao tal acampamento fui bem recebido por todos com uma grande festa, fiz vários amigos e estou melhorando minhas habilidades.
avatar
Pedro Vasconcelos
Ceifadores de Tânatos
Ceifadores de Tânatos

Mensagens : 51
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Level: 6
Energia:
135/135  (135/135)
HP:
135/135  (135/135)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Dom Fev 03, 2013 8:46 pm

Ficha Reprovada >> Sua ficha ficou muito ruim, seu motivos para se tornar filho dela bla. Athena também não estão muito bons, talvez melhore sua história a separando por partes, desse jeito:

Nascimento:

Nasceu em blá blá blá.

Infância:

Sua infância foi blá blá blá.

Adolescência:

A partir da adolescência blá blá blá.

Dia da descoberta:

Era um dia normal na vida do garoto, mas mal sabia ele o que estava por vir. Blá blá blá.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Pietro Black Dellamoury em Dom Fev 03, 2013 9:56 pm

1) Nome: Pietro Black Dellamoury

2) Quer ser filho de qual deus? Thanatos (3 grandes e Nyx requer teste especial)

3) Por que quer ser filho desse deus? Por achar fascinante a morte, e achar maravilhoso o poder de tirar a vida de algumas pessoas.

4) Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido. Gostar da morte, gosta de escuro, gostar de lugares tristes e vazios.

5) Narre sua história (Não haverá limites de linha, use e abuse de sua imaginação).
Nascido no Sul de Londres, um menino considerado triste e sombrio.
Morava com sua mãe, seu pai sempre fora um assunto intocado em sua casa, a mãe se sentia incomodada e sempre começará a chorar quando se tocava no assunto, tentei diversas vezes arrancar algo dela e o máximo que cheguei foi, amei muito seu pai mas eu já sabia que a hora chegaria e ele teria que partir, isso me deixava furioso, o que me fazia gostar mais ainda da morte, acolhia as pessoa e a tirava desse Mundo lixo em que vivemos, sempre julgado por abraçar a morte como uma velha amiga, em enterros faltava parabenizar o falecido por ter ido embora, sempre teve uma ligação forte com o Deus Thanatos e com Hades o Deus do inferno, quantas vezes não pensei em rezar a eles e pedir para que mandassem muiita gente ao quinto dos infernos mais cedo, mesmo acreditando que eles não existiam, gostava muito de Mitologia Grega e continua gostando agora ate mais já que descobriu sua verdadeira identidade, o dia em que descobriu foi um dia nublado, frio e triste, como diz minha mãe dramatizando( serio que ela pensou que eu nunca descobriria)'' O dia mais triste do Século, foi como se a felicidade sumisse do Mundo'' eu descobri em uma conversa com minha mãe, em que consegui arrancar tudo o que sempre quis saber as perguntas começaram assim.
-Mãe!Qual é o nome do meu pai mesmo ?
-Thana...Tantos
Ela gaguejou ao dizer esse nome e notei que ela iria dizer outro nome.
-Mãe por que eu gosto de morte ? Isso é de família ou sei lá é loucura ?
Ela sussurrou ''Se soubesse de quem és filho, não me perguntaria.''
- Mãe me diga a verdade quem é meu pai ?
- Você não acreditaria, se eu contasse.
- Diga!
- Sabe a Mitologia Grega, eu me apaixonei por um filho de uma égua, que veio aqui me seduziu, me deu um filho e foi embora dizendo '' Tenho que ir''.
Eu ligando morte ao nome que ela quase dissera presumi que eu fosse filho de Thanatos, então saio do local aonde ocorreu a conversa me sento em meu quarto e penso em tudo que aconteceria ou o que mudaria em minha vida.
Minha mãe entra em meu quarto e me conta toda real historia e me diz que me levará ate o Acampamento Meio Sangue local para filhos de deuses com mortais, me arrumo de qualquer forma durante quase todo o caminho não dei uma palavra com minha mãe, não podia acreditar que ela não me contará minha real historia, que ela me criou me fazendo pensar que meu pai nos abandonou logo que eu nasci, ela tentando me fazer falar algo ou sorri ficou falando como ele era belo e como eu herdará isso dele. Faltando poucos metros para chegar ao local um estrondo ecoa no carro, minha mãe acelera o carro tentando chegar ao local antes de descobrimos o que era, foi quando um enorme Ciclope entra em nosso frente impedindo passagem, minha mãe sai do carro e corremos ate a passagem para o Acampamento, minha mãe gritava para que eu entrasse e dizia que ele não a machucaria já que ele queria a mim, nos escondemos em uma grande pedra que havia sido jogada pelo Ciclope, ele jogava varias outras coisas e só deu tempo de minha mãe dizer:
- Filhos de Thanatos são raros, e muitos querem mata-lo entre lá por mim, meu filho por mim
Ao ouvir minha mãe dizer isso saio da pedra e passa a passagem minha mãe dali não podia parrar então o Ciclope dava varios socos na passagem tentando a abrir dando tempo de minha mãe adentrar ao carro e ir embora, me viro tentando ignorar o Ciclope e fico maravilhado com o Mundo ao qual eu acabará de adentrar eu via a Mitologia descrita em meus olhos.
avatar
Pietro Black Dellamoury
Indefinidos
Indefinidos

Mensagens : 2
Data de inscrição : 03/02/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Dom Fev 03, 2013 10:29 pm

Ficha aprovada >> Não foi uma ficha tão boa, mas tive que ver sua notável evolução, por isso está aprovado, meu filho. Espero que evolua ainda mais co treinos.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Pedro Vasconcelos em Seg Fev 04, 2013 8:12 am

Nome: Pedro Vasconcelos

Quer ser filho de qual deus? Atena

Por que quer ser filho desse deus? Porque a Atena é uma das melhores deusas da Mitológica Grega e gosto muito dela por ser muito inteligente.

Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido. Minha capacidade lógica, por gostar da ave que representa o símbolo dela ( Coruja) , por gosta muito de Arquitetura e de coisas que me fação raciocinar.

Narre sua história (Não haverá limites de linha, use e abuse de sua imaginação).

Minha infância foi bem normal para um garoto que foi criado só pelo pai, meu pai é Gustavo e ele é Arquiteto e minha mãe... Bem minha mãe, ele não gosta muito de tocar no assunto, sempre que pergunto quem era ela, como era... Esse tipo de coisas que um garoto de sete anos perguntaria sobre sua mãe, meu pai sempre arrumava um jeito de contornar as coisas sobre ela, sempre dizendo que ela era uma mulher muito linda e super inteligente e também muito atarefada por isso não pode ficar com a gente.
Em minha Adolescência fui estudar em uma escola em Grevyt Falls, fui sempre bom em muitas matérias, era sempre o melhor da classe, mas como um adolescente “normal” não gostava muito da escola.
No dia seguinte arrumei-me como sempre para ir pro inferno da escola, eu estava estranho, mas não sabia ao certo como eu estava. Chegando a escola na entrada, um dos meninos do 3° ano me empurrou ao chão derrubando-me na frente de todo mundo e falou:
-Eai "nerdizinho".
Então saio andando, naquela hora meu sangue ferveu dentro de meu corpo, levantei-me e soquei com força as costas do garoto, meus dedos doeram com a força do soco, falei:
-Eu não sou um "Nerdizinho".
O Garoto virou-se fechando os punhos e vindo pra cima de mim preparando um soco, realmente não sei o que estava acontecendo comigo peguei a mão do garoto torci seu braço levando ate suas costas, derrubando-o no chão e falando
-Pense bem antes de me chamar de "Nerdizinho".
Apanhei minha bolsa e segui a minha sala com a cabeça baixa e um pequeno sorriso em meu rosto, eu não sabia o que tinha acontecido comigo ou como eu avia aprendido àquelas coisas todas. Ao adentrar a sala e me sentar na ultima cadeira como sempre o diretor Tommyson chamou-me pelo radio, peguei minhas coisas e segui em direção a sala do diretor. Chegando lá o Diretor Tommyson sentou-me na cadeira e falou.
-Caro Pedro você notou algo diferente hoje - Fala o diretor olhando profundamente dentro de Meus olhos.
-Não senhor... - Falo meio confuso
-Tem certeza?
-Bem, hoje eu não sei como eu conseguir fazer aquilo. Falo ainda mais confuso
-Isso aconteceu porque você é um semideus - Fala o diretor
-Isso e impossível senhor. Fala Pedro dando um pequeno sorriso
Depois de uma longa conversa com o Diretor, Pedro ficou sabendo de todas as historias dos deuses e seus filhos chamados de semideuses.
- Bem agora você tem que vir comigo garoto, tenho que leva-lo ate o Acampamento Meio-Sangue.
- Que Acampamento é esse Sr.?
- É um acampamento para garotos especiais assim como você, mas antes temos que ir ate seu pai.
- Esta bem.
Direciono-me ate minha casa e esta ele lá sentado em sua mesa desenhando um novo prédio super concentrado.
- Pai! Que historia é essa de minha mãe ser uma deusa grega?
Gustavo impressionado vira-se e diz:
- Quem lhe contou?
Gustavo nota que o filho estava acompanhado de seu diretor.
- Já esta na hora Gustavo, esse é o momento em que vocês se separam.
Gustavo me abraça e me da um grande beijo na bochecha e diz:
- Tome filho isto é de sua mãe.
Ele desenrola de um pano uma pequena adaga de bronze.
-Esta adaga é uma adaga de bronze muito especial mata qualquer monstro.
- Adeus pai.
Saio com o Sr. Tommyson em direção ao carro, meu pai me observa ir com um olhar triste.

No meio do caminho o carro derrapa e bate contra uma arvore, fico muito assustado.
- Você esta bem Sr. Tommyson?
- Sim estou e você?
- Estou.
-Vamos temos que andar já estamos bem próximos do Acampamento.
Em quanto caminhávamos um bicho surge do meio das plantas e nos ataca eu desvio em um salto, mas o Sr. Tommyson e acertado em cheio e fica meio desorientado, driblo o monstro por alguns instantes, mas ele é bem ágil, então me lembro do que meu pai disse “utilize essa adaga ela mata todo tipo de monstro”, então pego a adaga enquanto o monstrengo investia contra mim novamente, salto para o lado mais antes penetro a adaga nas costelas dele e saio rasgando-o, transformando-o em pó.
- Sr. Tommyson levante-se, temos que ir. Ele se levanta e conseguimos chegar até o acampamento onde fui recebido como um herói por todos.
avatar
Pedro Vasconcelos
Ceifadores de Tânatos
Ceifadores de Tânatos

Mensagens : 51
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Level: 6
Energia:
135/135  (135/135)
HP:
135/135  (135/135)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Convidad em Seg Fev 04, 2013 8:46 am

Reclamado.

Apesar de eu ter visto alguns erros, realmente sua ficha ficou bem melhor do que as outras. Tome cuidado...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Josephe D.Fuego em Seg Fev 04, 2013 10:29 am

1) Nome: Josephe D.Fuego

2) Quer ser filho de qual deus? (3 grandes e Nyx requer teste especial)

Melinoe

3) Por que quer ser filho desse deus?

Por que adoro Fantasmas e quero sai assustando pessoas indefesas com meus fantasmas

4) Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido.
Josephe tem olhos azuis e claros,tem a pele branca e suave como a de um bebe gosta de estar bem vestido e sempre usa seu gorro cinza na cabeça

5) Narre sua história (Não haverá limites de linha, use e abuse de sua imaginação).

Josephe um menino estranho que em toda sua infância gostou de pregar pessas nas pessoas vestido de fantasma,Josephe mora com seu pai Stevan em Mystic Falls um lugarzinho pequeno mais seguro em outras palavras. Como em qualquer família Josephe na sua infância perguntou varias vezes pela mãe que os abandonou quando criança, Josephe tinha um sonho, o Sonho de conhecer sua mãe.Os dias na escola do menino não iram muito bem,Josephe tinha notas baixas só ia para escola pregar peças em sua fantasia preferida a de fantasmas.
Josephe cresceu, fisicamente e mentalmente ganhou noção da vida e começou a se interessar-se pelos estudos, suas notas melhoraram bastante, entrou para o grupo de teatro,Certo dia Josephe comprou um filme de um homem estranho ao vim da escola. Josephe colocou o filme em seu DvD e começou a ver, todas as cenas eram igual, um fantasma igual o da fantasia de Josephe matava seu pai, A mesma cena repediu-se varias vezes quando tudo se escureceu na tela e uma voz surgio ‘’Quem disse que fantasmas não existem? Ninguém pensa a mesma coisa depois de conhecer o primeiro’’ então vários gritos começaram a sair do DvD, Josephe levantou-se e desligou o DVD, então saio de seu quarto com a imagem de seu pai morto, Josephe ao chegar na cozinha deparou-se com seu pai Morto com uma Faca na testa sentado em uma cadeira, Josephe ajoelhou-se e começou a chorar quando a voz de seu pai vinha em sua mente falando ‘’Josephe acorde!!’’. Quando finalmente Josephe acordou de uma terrível ilusão causada pelas imagens do Tão DVD. Josephe abraçou seu pai chorando e falando que nunca queria perde-lo.
Dia seguinte na volta para casa o mesmo homem que deu o DVD para Josephe o parou e perguntou se jose gostou do DVD, então Josephe empurrou o homem e saio correndo ate sua casa,Chegando lá Josephe viu seu pai conversando com o mesmo Homem do DVD,o garoto correu em direção a seu pai pra protege-lo, o tal homem retirou o capuz mostrando seu rosto e explicando tudo oque tinha acontecido, Explicou que Josephe era filho de Melinoe a deusa dos fantasmas, por isso Josephe tinha ligação com coisas de fantasmas.

avatar
Josephe D.Fuego
Indefinidos
Indefinidos

Mensagens : 1
Data de inscrição : 04/02/2013
Idade : 20
Localização : no seu coração u.u

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Giovana Pendragon em Seg Fev 04, 2013 12:56 pm

1) Nome:Giovana Marie Pendragon

2) Quer ser filho de qual deus? (3 grandes e Nyx requer teste especial)
Orfeu
3) Por que quer ser filho desse deus?
me indentifico com o mesmo pois sempre tive contado com a poesia o que me engandava assim como a musica de certa forma eu sentia que a poesia era uma parte de mim
4) Cite suas características que se assemelham ao deus escolhido.
eu gosto bastande de poesia e melodias me encantam alem de ser um tando imaginativa
5) Narre sua história (Não haverá limites de linha, use e abuse de sua imaginação).deste de pequena eu era destaque em clubes literarios na escola na parte poetica e até sete anos morei ao sul do canada até que por motivos de doenças minha mãe acabou falecendo e fui para um orfanato onde apesar de tudo de ser diferente eu tinha amigos quanto cantava parecia que o tempo parava mas na questão escolar nunca parava em um escola só por mais de dois anos no meu 4 ano parti o record passei um ano e 1 mes só como minha alegria acaba pouco fui perseguida por um mostro estranho o que era normal já para mim mas esse ano seria normal ah como estava enganada já fazia dois bismestres que estava ali e tudo normal até que
_estava te procurando Giovana Pendragon-pera ninguém me chamava de Giovana a não ser que o garoto começou a crescer e formar a forma de um mostro mas o que mais um não foi meu pensamento na hora até que ouvi uma voz conhecida
_pegue Gina-disse meu professor de história me tacando uma espada ne parei para analisar dei um golpe na bariga e ficou só um cheiro de enchofre no ar
_o que foi isso?-perguntei meio atordoada ele nada me falou só literalmente me puxou para um carro ele nada disse na viajem só falava lá eu te conto mas aonde seria lá tinha tandas perguntas num monto só então desci do carro e olhei só via floresta até que segui meu professor
_o que estamos fazendo?-ele virou para mim e falou-lembra daquelas histórias antigas da antiga Grecia-depois que assenti ele continuou-então e se eles existissem até hoje?
_ impossível-eu disse ele apenas sorriu e disse
_ é tão verdade que você é uma semideusa-eu tava esperando ele dizer que era brincadeira mais isso não veio ele só parou na frente de uma colina e disse_Bem vinda ao seu novo lar Giovana Pentragon
avatar
Giovana Pendragon
Indefinidos
Indefinidos

Mensagens : 42
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 37

Ficha do personagem
Level: 1
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum