Teste de Reclamação - Legados

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Teste de Reclamação - Legados

Mensagem por Rafael L. Máximos em Seg Fev 10, 2014 7:01 pm


Teste de Reclamação - Legados
Bem-vindo(a) Convidado, deve estar ansioso(a) para descobrir quem é seu progenitor ou progenitora, por tanto, queira por favor realizar o teste a abaixo. Queira por favor postar seu teste neste mesmo tópico.
Também pedimos que siga algumas regras, todas localizadas abaixo, assim, as suas chances de passar nesse teste aumentam em muito.
Boa sorte e seja bem-vindo(a) a família do PJO.



 
Regras
NÃO PLAGEIE A FICHA DE NINGUÉM E NEM DE OUTROS FÓRUNS.

ENVIE A FICHA COMPLETA OU ESTÁ SERÁ DESCONSIDERADA.

SE QUAIS QUER REGRAS DESSAS FOREM VIOLADAS, A FICHA TERÁ DE SER REFEITA.
 
Nome:
Idade:
Local de Nascimento:
Progenitores e suas filiações: (seus pais e seus avôs, tanto divinos quanto mortais):
Características físicas e psicológicas: :
Conte-nos sua História (mínimo 20 linhas, do seu ponto de vista):

‎Copyright © 2013 - 2014 All Rights Reserved for PJO Online

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

Eles podem me matar, mas a superioridade moral é minha.
(Doctor Who)
avatar
Rafael L. Máximos
Filhos de Macária
Filhos de Macária

Mensagens : 1010
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 20

Ficha do personagem
Level: 100
Energia:
990/990  (990/990)
HP:
999/999  (999/999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Reclamação - Legados

Mensagem por Sophie Brown Black em Seg Abr 07, 2014 3:20 am

Ficha little princess
princess of olympus. princess of  blizzard.


Nome: Sophie Marie Brown Black.
Idade: Quatro anos.
Local de Nascimento: Acampamento Meio-Sangue, enfermaria.
Pai: Gregory A. Black.
Mãe: Emily Brown.
Avô por parte de pai: Zeus.
Avó por parte de mãe: Quione.

Características físicas e psicológicas:
Por ser neta de dois deuses particularmente egocêntricos, Sophie possui uma personalidade marcante ao extremo; assim como uma força de liderança intocável e inquebrável. Apesar da pouca idade é considerada uma criança esperta de mais para seu tamanho inferior, sempre tendo uma resposta afiada e infantil na ponta da língua. De olhos azuis -que herdou da mãe Emily-, a pequena Brown encanta todos por onde passa; domando os adultos em seus pequenos dedinhos rechonchudos. Os cabelos claros caem em cascata pelas costas delgadas, encontrando seu termino na cintura fina e infantil. As maçãs do rosto proeminentes e rubras, colidem com perfeição nos lábios desenhados que Sophie herdou do pai, Gregory. Mas, o mais marcante da pequena Black é seu jeito alegre e fofo de ser, e é claro, sua paixão fissurante por unicórnios. De gestos suaves e roupas meigas, Sophie é criada no Camp por seus pais e dezenas de madrinhas/padrinhos. Considerada uma criança calma e gentil, a mais nova dos Black é inseparável de seu gorro de monkey. S. Marie é mais baixa do que as crianças normais de sua idade, sendo normalmente apelidada de baixinha pelas pessoas ao seu redor; algo que a irrita profundamente. Grande amiga de Megan Black -sua prima mais velha-, Sophie sempre arranja alguma confusão para se enfiar com sua amiga inseparável. Possui uma rixa desgastante com uma garota do acampamento, também legado. De sorriso fofo e covinhas para adornar as bochechas, Sophie é uma criança simplesmente bagunceira.


História:
Os olhinhos cianos começavam a se fechar lentamente, a cabeça pequenina e de cachos dourados repousava com frescor sobre o travesseiro macio. Sobre seu couro cabeludo, a palma destra de sua mãe pairava com um carinho sem igual. Já estava pronta para se erguer, apagar o abajur e deixar a filha ali; ressonando em paz. Entretanto, antes de findar seu intuito, a mini-pessoinha na cama entreabriu os olhos, deixando-a contemplar as íris que sua herdeira possuía.
Não havia escolha, teria que ficar mais um tempo ali.
- Mamãe, a senhora disse que ficaria comigo até que eu dormisse. - Disse Sophie, da forma que apenas ela conseguia falar. A vozinha de criança mesclada com aquele tom adulto. Chegava a ser cômico.
- Sim, filha, ficarei. - Um ínfimo suspiro trespassou pelos lábios da cria de Quione, sua filhote realmente dava trabalho. Retornou a cama, onde recomeçou os afagos nos cabelos claros da criança. - A senhorita deveria dormir. - Ditou, desta vez com a voz em um sussurro.
- Conte-me uma história, mãe. - Sophie, agora mais desperta, murmurou. Sua mãozinha deslizava pelo edredom quentinho que a cobria, lutava contra o sono.
- Não, já está na hora de dormir. E já te contei todas as histórias que sabia.
- Por favor, juro que irei dormir depois da histólia. - Embolou-se na última palavra, lembrando-se vagamente de sua verdadeira idade. Com outro suspiro, desta vez um resignado, Emily Brown pôs-se a contar.

♔♔


Era uma vez uma jovem garota que sonhava em viver em um mundo perfeito, repleto de coisas boas. Um mundo onde o céu fosse coberto de nuvens fofas e arco-íris resplandecentes. Mas, isso não era possível, a jovem garota morava em um local escondido, escondido de todas as outras pessoas, menos aquelas que eram igual a ela.
Um dia, a bela menina andejava por entre as frondosas árvores do bosque; andava sem rumo, os pensamentos tão desfocados que sentia a alma de forma etérea.
Seus pés seguiam um rumo desconhecido, adentrando cada vez mais no bosque obscuro; entretanto, estancou. A sua frente um garoto de cabelos desengonçados e arrepiados projetava-se. Os olhares se cruzaram por ínfimos segundos, tempo suficiente para que a bela dama sentisse um farfalha engraçado em seu estômago, parecia centenas de borboletas sacolejando as asas. Agora, enfim, entendia o que queriam dizer com borboletas no estômago.
Os dias se passaram, e a garota de longos cabelos louros ia todo dia -sem atraso- ás duas e quarenta da tarde para a clareira no bosque. Todo dia. Ia lá, apenas para ver seu belo rapaz. Rapaz este, que era diferente como ela. Rapaz este, que sempre possuía uma frase afiada na ponta da língua, ele adorava perturbar a jovem, principalmente porque as bochechas dela tomavam uma cor avermelhada linda na opinião dele.
Mas, os dias foram passando e o amor entre os dois apenas crescia. Crescia tanto, mais tanto, que um dia transbordou. Da paixão incontestável, um pequeno fruto nasceu. Uma menininha de grandes olhos arredondados, cílios grossos e finos cabelos mel. A criança era a luz de seus pais, tão amada. Amada não só por eles, por todos os diferentes do local onde moravam.
Por onde passava, a garota era reconhecida. Não importava quem fosse, amavam a pequena como se fossem dela.
O amor e carinho apenas crescia, transformando os três em uma família incrível. E a bela jovem, do começo, parou de procurar um mundo perfeito, pois, de certa forma ela já possuía a perfeição para ela mesma. Simplesmente, possuía uma vida perfeita.

♔♔

- Essa é a sua história com o papai, mamãe? - Sophie perguntou, erguendo o dedinho gordinhos aos lábios. Em seu rosto, uma expressão de dúvida pairava.
- Sim, meu amor. - A bela mulher ditou, afagando os cabelos da filha; que teimava em dormir.
- Mas a senhora me disse que o papai era muito chato, e sempre implicava com o que dizia! - Proferiu, desgostosa com a história.
Emily semicerrou os olhos, começava a ficar com sono. A caçula dos Black era realmente uma bomba de energia, não parava quieta nem mesmo na hora de dormir.
- É verdade, meu amor, seu pai era realmente um chato. Vivia implicando comigo. - Riu sozinha, devaneando. - Porém, a primeira vez que o vi meu coração bateu forte. E as coisas foram de ajeitando, entende?
A garota meneou a cabeça por alguns segundos, tendo o olhar perdido em pensamentos. Nunca entenderia a história de seus pais. Sua mãe dizia que seu pai era um bobão, mas o colocava sobre um pedestal de cristal. Suspirou, era muito complicado para uma criança de quatro anos, ou quatro anos e dois meses como gostava de dizer para todos.
As duas pensativas, sobressaltaram-se por alguns segundos ao ouvirem a porta do quarto de Soph sendo aberta. Gregory Andrew Black trespassava a entrada, encostando-se no batente da porta.
- A senhorita não deveria estar dormindo? - O homem entoou, tendo um sorriso adornando-lhe os lábios finos e bem desenhados.
- Papaaaaai! - Respondeu a criança, tentando sair da cama e correr para os braços do pai, mas, Emily a segurara no lugar. Olhando-a com repreensão e carinho. Gregory aproximou-se das duas, estalando um beijo nos lábios da cria de Quione e outro sobre a testa da filha.

Não importava o inicio da história, mas sim o presente desta. E o presente da vida de Sophie Marie Brown Black era simples e clichê, crescia em uma família que a amava. Possuía mais tios e pais adotivos do que um dia poderia contar nos dedinhos pequeninos. Era amada por todos, esta é Soph, e esta é a vida dela.



neta do todo poderoso. neta da toda bonitosa.

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

Sophie
My mama told me when I was young, we are all born superstars. She rolled my hair and put my lipstick on, in the glass of her boudoir. mommy <3 papi <3
avatar
Sophie Brown Black
Legados
Legados

Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/03/2014
Localização : Camp :3

Ficha do personagem
Level: 1
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Reclamação - Legados

Mensagem por Afrodite em Seg Abr 07, 2014 4:33 pm

Sophia, adorei sua História e sua ficha, foi bem detalhada e cheia de características que mereciam uma aprovação imediata, porém você derrapou na escrita de algumas palavras e nos empregos de pontuações, mas por outro lado, sua história se desenvolveu bem, então, sem prolongar mais além, Aprovada!

Aprovada
✧ Atualizada por Éter ✧

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

avatar
Afrodite
Deuses Maiores
Deuses Maiores

Mensagens : 37
Data de inscrição : 15/02/2014
Idade : 23
Localização : Aqui ^^

Ficha do personagem
Level: 1
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Reclamação - Legados

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum