Minha morte ué?!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Minha morte ué?!

Mensagem por Richard G. Yellow em Ter Jan 07, 2014 3:12 pm

A noite fria do acampamento é algo terrível para qualquer ser humano, mas Brian não tinha nem um censo de localização e vagava sem rumo pelo acampamento, sorte a dele que não foi visto entrando na floresta por nem uma Harpia, o pobre menino vaga por horas dentro da floresta sombria e tenebrosa sua nuca hora ou outra se arrepiava de medo, ele estava completamente perdido e muito longe do acampamento, ele segue e senta-se em um tronco de árvore – Que um dia foi uma Ninfa. E fica pensando como ia sair desse lugar. Sons de galhos se quebrando surge de todos os lados, o menino ficou pálido como um fantasma, e de todos os lados surgiram enormes cães – Com toda certeza era cães infernais.
- Cãozinho bonzinho fica calmo. – Disse o menino.
Mas o cão não deu ouvidos e salto contra ele, ele corre, mas é interceptado por outro cão que o ataca fazendo-o cair no chão – Eram 5 cães ao total todos atacando ao mesmo tempo. Em fração de segundos o menino foi completamente mutilado até a morte. – Até hoje o menino não sabe quem é seu pai só sabe que é um semideus. Seu espírito vagou durante noites pela floresta, mas nem um Ceifador ou algo surgiu, assim ficando perdido.

Richard G. Yellow
Indefinidos
Indefinidos

Mensagens : 3
Data de inscrição : 04/01/2014

Ficha do personagem
Level: 1
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha morte ué?!

Mensagem por Convidado em Ter Jan 07, 2014 3:26 pm


Um novo fantasma...


Mortes violentas geram fantasmas violentos;

As notícias do semideus fantasma vagando pelo Acampamento não demorou a se espalhar, por consequência, um dos servos da deusa dos fantasmas avisar a sua lady que havia um dos seus, perdido e sozinho, vagando pela floresta.
O jovem semideus não tinha tido uma vida muito diferente dos outros, afinal, semideuses morriam todos os dias, não era por isso que algum deus deveria ter compaixão por eles, ainda mais Melinoe, que sempre fora fria em relação aos seus sentimentos e nunca havia se deixado afetar, porém aquele garoto não havia nem descoberto sua vida como meio-sangue, mal havia a iniciado.
De qualquer maneira, ele não havia nem tido um enterro digno e era por isso que ele estava ali, vagando pelo local de sua morte, talvez confuso com o que estivesse acontecendo, mas em breve se juntaria a outros como ele. Fantasmas.
A deusa apareceu em sua frente, sua forma tremeluzindo e o levou para o Submundo, agora o garoto não passava de um simples fantasma. Mais um dos tantos que haviam por ai.

esse é meu post de número {00}. o tempo está {chuvoso}, e estou usando {isso}, estou falando com {alguém/sozinha}. estou postando {lugar}.


copyright 2013 - all rights reserved for [url=http://cupcakegraphics.forumeiros.com/u1] ✖ lari

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum