Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Seg Jan 06, 2014 9:52 am

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


Passava da madrugada quando eu havia recebido a notícia, minhas fúrias estavam em pé diante do trono, eu chegava a estar ofegante, precisava resolver aquilo, rápido. Levantei do trono, assim que saí do palácio fui transportado até as margens do acampamento
[...]
Havia um semideus que talvez pudesse resolver aquilo para mim, Jason estava andando pela floresta fora da proteção do acampamento quando eu falei:
-Sobrinho...
Ele me olhou, parecia perceber que eu era Hades, ele olhou confuso para mim. Era um filho de Zeus, aquela missão poderia ser bem perigosa, principalmente para um filho de Zeus.
-Algo terrível aconteceu. Um dos meus maiores inimigos reviveu e agora está no centro do Submundo, esperando o momento certo para destruir todo o submundo, e sim, é de seu interesse, todas as almas presas lá, iriam fazer um caos, se espalhando pelo mundo. Sei que você é filho de Zeus e uma viagem ao submundo não é lá o primeiro item da sua lista de destinos de férias, mas se você não chegar ao centro do submundo e destruir aquele gigante patético ele pode destruir todo o Hades e causar um grande caos no mundo, você deve enfrentar Alcioneu. Aceita?

Pontos:

• Narre o que estava fazendo antes da visita do Deus.
• Narre sua reação.
• Deve responder a minha pergunta (provavelmente sim, é claro)




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Seg Jan 06, 2014 11:18 am



 Encontro com meu tio...



Nem toda noite um semideus consegue dormir tranquilamente, talvez os pesadelos com acontecimentos que lhe atormente ou lhe tragam notícias que nem sempre são bem vindas a qualquer um. Esta noite não foi tão diferente assim, um pesadelo me acordou no meio da noite sem permitir que eu voltasse a dormi, logo resolvi dar uma volta. Vesti uma calça e tênis escuros, joguei uma camisa cinza de mangas longas sobre o corpo e saltei pela janela mesmo, pretendendo não chamar tanta atenção das harpias.

Caminhei sem destino pela floresta, senti uma brisa gélida que sei representar a minha saída da barreira mágica, isso queria dizer o dobro da atenção a qualquer movimento suspeito, claro que eu não esperava alguém me chamar:
- Sobrinho...

Virei na direção do chamado e percebi um homem, na verdade eu sabia perfeitamente que era um deus. Pelo manto negro, olhar misterioso e também pela aura de morte que o rondava sabia se tratar de Hades. Assim como tinha certeza de quem era o deus eu também tinha certeza de que se fosse de sua vontade me aniquilar por algo ou me punir já teria acontecido sem tanta defesa, mas pelo tom de sua fala, um pouco mais calma, suspeitei que viria seguida de um comunicado, por isso disse:
- Sim Hades.
-Algo terrível aconteceu. Um dos meus maiores inimigos reviveu e agora está no centro do Submundo, esperando o momento certo para destruir todo o submundo, e sim, é de seu interesse, todas as almas presas lá, iriam fazer um caos, se espalhando pelo mundo. Sei que você é filho de Zeus e uma viagem ao submundo não é lá o primeiro item da sua lista de destinos de férias, mas se você não chegar ao centro do submundo e destruir aquele gigante patético ele pode destruir todo o Hades e causar um grande caos no mundo, você deve enfrentar Alcioneu. Aceita?

Minha mente começou a buscar registro, como se vasculhasse arquivos perdido, era efeito de minha memória e também conhecimento de fatos antigos. Logo lembrei-me do nome do gigante, aquele que fora criado por Gaia para destruir Hades e também que só poderia ser derrotado fora de onde renasceu, mas se estava no Submundo não poderia ser a terra onde surgiu, contudo ainda só poderia ser morto num combate entre semideus e deus contra o gigante, será que Hades vai me ajudar? Pela forma que falava, percebi que seu dom de convencimento era superior a todos os deuses que um dia já me pediram para fazer algo, era praticamente impossível recusar aquele pedido ainda mais avaliando as consequências.
- Eu aceito a missão, preciso apenas pegar minhas coisas.











Prince of Olimpo, Lord of the Time.
--------------------------------------------
@Lilah

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Seg Jan 06, 2014 1:57 pm

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


O garoto volta com suas armas e eu falo:
-Muito bem, sua missão é atravessar o Hades, adentrar nas profundezas do Tártaro e chegar ao centro do Hades, lá estará Alcioneu, quando você chegar a ele, eu aparecerei, um Gigante só pode ser derrotado por um Semideus e um Deus juntos. Posso levá-lo até a entrada do Hades e dar-lhe um mapa para que chegue até a entrada do Tártaro, porém, uma vez lá, não poderei mais ajudá-lo, como você sabe, existe outro rei lá.
E num piscar de olhos, Jason estava na entrada do Hades. E com ele três itens extras: Uma bola de borracha negra, para Cérbero, Chaves do Portão de Érebo e uma carta que o dava livre-passe por Caronte, elém de um mapa simplificado do Hades.
Pontos:

• Narre sua reação.
• Descreva o caminho até a entrada do Tártaro (acabe seu post aí) passando por: Caronte (use a carta), Cérbero (Use a bola) e Portões de Érebo (Use as chaves). Passe também pelos Campo de Asfódelos, descrevendo sua visão de lá.
• Mapa (utilize esse mapa como base): http://i.imgur.com/f9pnUy2.png




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Seg Jan 06, 2014 7:21 pm



Caminhando no reno do meu tio...



Depois que recolhi minhas coisas retornei aonde encontrei Hades, nenhuma harpia apareceu no caminho o que poderia ser ação do Senhor do Submundo, mas não quis perguntar. Assim que o encontrei ele disse:
-Muito bem, sua missão é atravessar o Hades, adentrar nas profundezas do Tártaro e chegar ao centro do Hades, lá estará Alcioneu, quando você chegar a ele, eu aparecerei, um Gigante só pode ser derrotado por um Semideus e um Deus juntos. Posso levá-lo até a entrada do Hades e dar-lhe um mapa para que chegue até a entrada do Tártaro, porém, uma vez lá, não poderei mais ajudá-lo, como você sabe, existe outro rei lá.

Não percebi quando a fala do deus acabou e eu fui teletransportado para um túnel escuro que me carregava para um lugar quente, O Submundo. Observei meu corpo e resolvi me preparar para tudo, nesse momento que vi algumas coisas bem sugestivas aos meus pés. Havia u carta onde o nome “Caronte” estava marcado na frente, além disso, uma chave negra e uma bola de borracha que mais parecia um brinquedo de cachorro, provavelmente para o Cérbero. Um mapa simplificado mostrava o reino de Hades de forma simplificada, o que já me bastava, dificilmente eu me perderia naquele lugar seguindo as orientações do meu titio.

Ativei minha armadura que cobriu meu corpo, o elmo fora a única parte que resolvi ainda não utilizar, esperaria o Tártaro para ativá-lo. Prendi o bracelete dourado em meu pulso e certifiquei que tanto meu anel azulado estava em meu dedo como uma chave pendia junto a um amuleto em meu peito. Por último coloquei as lentes do Tártaro nos olhos e segurei a mochila mágica apenas por um ombro enquanto adentrava nas profundezas da Terra. Não demorou que eu chegasse à margem de um rio de águas estranhas, eram negras como a noite e parecia inavegáveis, exceto por uma balsa do mesmo tom da água conduzida pelo Caronte. Resumindo o barqueiro do Submundo, ele era franzino, cobria seu corpo com um manto escuro e não parecia estar feliz nunca.

Retirei a carta e lhe entreguei, o homem leu sem deixar que eu tomasse nota do que havia naquela mensagem, com um sinal de mão permitiu que eu entrasse em sua embarcação e não fiz questão de recusar e sentado naveguei pelo Rio Estíge. Durante a viagem que não fora tão rápida, as histórias sobre Aquiles e a forma que fora banhado nesse rio me veio a mente, sua mãe Tétis queria lhe dar força sobre humana e conseguiu, uma vez passou pela minha cabeça banhar-me nessas águas para ter a maldição do melhor guerreiro de todos, porém fui convencido ao contrário. Quando o barco parou na terra, desci sem falar nada, talvez aquele cara não aceitasse obrigado ou respondesse de nada, então caminhe lentamente.

O ar era totalmente diferente, era mais quente e pesado, o solo era duro como rocha e realmente era feito de pedra, o odor era de enxofre misturado com aroma de cemitério, achei bem estranho quando mudou para odor de cachorro. Levei a mão à mochila quando um enorme cão de três cabeças surgiu ladrando violentamente, não hesitei em jogar o brinquedo para uma direção segura percebendo que até aquele cão nefasto tinha queda por bolas. Sorri ao ver os passos pesado daquela ameaça enorme ao correr atrás da bolinha, será que Hades costumava brincar com ele? Negando com a cabeça aproveitei a distração do cão de guarda enquanto abria os portões de Érebo com a chave dada, penetrei o Campo Asfódelos ouvindo o ranger do portão se fechado me deixando um pouco mais seguro, se bem que isso é impossível no caminho que estou seguindo.

Com extrema dificuldade eu caminhei pelos Asfódelos, era tanto gente no mesmo lugar que o gramado parecia alvo de partidas de futebol americano frequentemente de tão marcado estava, todo mundo se empurrava e mexia talvez por uma posição melhor e ter a chance de ser julgado mais rapidamente para ou alcançar os Elísios ou sofrer nos Campos de Punição. Interessante é que uma grande parcela não parecia interessada em nada, era o grupo daqueles que passaria a eternidade naquele lugar sem cor, luz ou graça, será que minha mãe estava ali? Minha mente viajou assim como meus olhos, procurei qualquer sinal da mulher que me criara, mas nada achei, era praticamente impossível identificar alguém nessa aglomeração.

Deixei o aglomerado com dificuldade, pude observar o Palácio de Hades a frente, contudo, seguindo o mapa, deveria pegar um caminho estranho a direita, o qual era também mais sombrio e misterioso, sentimentos como culpa e certo desespero começaram a rondar minha mente, em instantes eu estaria no lugar onde todos os monstros ou desafios que já derrotei estariam se regenerando e em grande número, onde todo meu treinamento seria exigido ao máximo e poderia não ser o necessário, estaria no Tártaro. Parei logo na entrada da caverna com um suspiro, era agora ou nunca.

Código:
Mochila Infinita: Mochila que ignora o espaço, onde se pode guardar qualquer coisa. Pesa sempre 3Kg. Para pegar algo de dentro, basta pensar no objeto. [ByAtena]

Ψ Véu do tártaro -> É uma lente de contato sem grau e nem cor, porém quando alguém morre ao invés de passar pelo tártaro você pode absorver seus poderes e suas qualidades, enquanto esta sendo usada seus olhos ficam em um preto deslumbrante. Apenas você pode tocar se outro alguém tocar sua essência vai para a lente

->Amuleto mágico: Além de proteger de magias diretas, como feitiços e maldições, restitui a energia do semideus, apenas energia.{presente da Hécate}

Espada Aura de Safira: uma espada de lâmina azulada feita de um cristal raríssimo; sua lâmina emana uma luz esbranquiçada representando a pureza, assim ela se torna letal contra qualquer um com o coração negro, seja mortal, semideus ou monstro. Sempre estará onde o dono quiser.( Vira um anel do mesmo cristal da lâmina)

Patriis: Uma espada com cabo negro e uma joia azulada cravada na ponta do mesmo com uma lâmina diferente: Uma leve curvatura no fio que parece ser uma meia lua, a lâmina de 80 centímetros de oricalco, com o um brilho fosco, apresenta símbolos e runas antigas marcadas em sua extensão que quando ativada sua habilidade brilham em azul. Pode rejuvenescer o usuário restaurando sua energia além de envolver a lâmina em uma energia azul que dimensiona nos golpes( Vira uma chave de oricalco)

♠ Aegis 2.0= Escudo feito de ouro imperial com a medusa entalhada em alto relevo com os olhos fechados. Além de indestrutível e invulnerável, quando o olho se abre pode transformar em pedra, por dois posts, aquele que olhar (duas vezes por missão). Vira um bracelete de ouro. [By: Mac]

Aspida [ Um cordão de Prata, com um pingente redondo e negro, no centro do pingente a dois desenhos, um Sol e um relógio. É a junção de três armaduras e dois elmos. Quando o semideus desejar, o cordão se transforma em uma armadura. É uma armadura completa, aparentemente feita de fogo solar e Oricalco, com detalhes de bronze, as vezes é negra e outras brilha como Sol. Se alguém a tocar diretamente e for de desejo do semideus, a pessoa queima por inteira. A armadura pode acumular toda a maldade dentro do tártaro em um poder incontrolável, se alguém a tocar é facilmente dissolvido a pó, ou seja nada de ataques diretos. Ela amplia a velocidade do usuário graças ao controle temporal gerado por ela. O elmo negro permite o dom da inviabilidade além da proteção de ataques mentais [Indestrutível] [By :Hefesto]







Prince of Olimpo, Lord of the Time.
--------------------------------------------
@Lilah

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Ter Jan 07, 2014 8:21 am

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


A garoto adentrou no Tártaro, e ao fazer isso um forte terremoto aconteceu, Alcioneu agora estava esperando-o e mandaria seus melhores monstros, talvez até alguns que Jason já teria matado, sedentos pelo sangue do semideus. De um lado se via o Cócito, o rio das lamentações, do outro o Flegetonte, o rio do fogo, este último tomava uma direção que avançava para o interior do Tártaro, se Jason o seguisse, pararia no coração do Tártaro, onde Alcioneu estaria esperando, ali não seria tão fácil matar monstros, muito menos Alcioneu, quando este estaria dentro do pai.
Pontos:

• Descreva um pouco do seu caminho até parar perto de uma cratera estranha com manchas negras




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Ter Jan 07, 2014 12:11 pm



Marchando no Tártaro...



Adentrei a caverna que também era a entrada para o Tártaro, junto a mim um terremoto abalou a estrutura o que para mim fora um sinal de quem o gigante sabia de minha chegada, por isso resolvi manter minha espada em mãos para um combate rápido e uma lâmina de oricalco se expandiu em minhas mãos de imediato.

O lugar era horrível, o próprio ar queimava meus pulmões cada vez que respirava, o solo era duro e negro parecendo ser feito de poeira ou algo estranho, seres se formavam em bolhas as quais eu desviava para não ter problema, um rio de fogo que eu sabia Flegetonte corria para o interior do lugar, era uma possibilidade saciar a sede naquela água por que segundo lendas ele pode manter o ser “vivo”, contudo tinha outras formas de me manter alerta. O rio das lamentações também seguia seu rumo ao lado, podia ouvir as reclamações que inundavam minha mente, pessoas acabando com suas vidas e também gritando que meus esforços eram nada perto da força do inimigo, que seria uma melhor alternativa fugir, minha cabeça só pensava em uma coisa: Onde me meti?

Aos poucos continuei andando e esgueirando quando necessário, a todo o momento eu vislumbrava vultos que poderia ser os monstros que um dia enfrentei, talvez o lendário Manticore, inimigo de tantas vezes, a Hidra, um lestrigão que antes fora um real adversário de esgrima, um dragão de gelo o qual absorvi habilidades ou um drakon, tudo parecia arrepiar meu corpo, arrepio que se tornou maior com uma cratera repleta de manchas negras recentes, tinha algo perto.





Prince of Olimpo, Lord of the Time.
--------------------------------------------
@Lilah

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Ter Jan 07, 2014 1:16 pm

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


As manchas estranhas deixadas por algum monstro começaram a se unir, e quanto mais faziam mais volume adquiriam, logo a cratera estava cheia de uma gosma negra estranha. A gosma começou a ganhar forma até que um cão apareceu, tinha duas cabeças e uma cauda de serpente aparentemente venenosa, o primeiro monstro do tártaro a ser enfrentado era Ortros.
Pontos:

• Derrote Ortros




thanks tess


Última edição por Hades em Qui Jan 09, 2014 9:29 am, editado 1 vez(es)
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Ter Jan 07, 2014 1:37 pm



Acho um cão de duas cabeças...



A cratera começou a ser preenchida por uma gosma negra, um cão enorme de duas cabeças começou a se formar ali dentro e antes que eu pudesse sumir dali Ortros surgiu latindo com um salto contra mim. Rolei de lado para sair da reta do animal, ele era enorme, tinha o tamanho do Cérbero e as cabeças eram praticamente iguais, dei uma leve risada com a comparação mental antes de ter que escapar de novo de suas mordidas que vinham sempre em dobro.

O animal era bem rápido para o tamanho, tentei cortar seu corpo com minha lâmina de oricalco, porém ele saltitava de lado e atacava de novo com os dentes do tamanho de uma adaga e força monstruosa. Acabei me desequilibrando e caindo na cratera de onde aquela coisa surgiu, o monstro veio atrás e me abocanhou pelo peito apertando com força, ainda bem que a dureza de minha armadura era alta e também uma coisa especial nela foi ativada, uma das bocas daquele bicho começou a queimar como se tocasse o Sol. Cai rolando no chão pedregoso, tomei minha arma de volta enquanto o cachorro gigante reclamava da dor com choramingos de lado, usei meu poder de voo e descrevi um arco para lhe decepar, porém a cabeça de serpente de sua cauda veio contra mim. Senti a mordida em meu ombro, a dor foi imediata, contudo meu corpo expulso a toxina graças a uma benção que Macária em dera no passado, obrigado boa morte.

Girei Patriis e cortei fora aquela cauda estranha, pousei nas costas daquele bicho e minha arma começou a brilhar, logo a lâmina envolta de energia fora cravada contra as costas de Ortros e uma descarga elétrica fulminante correu pela minha arma e sucessivamente pelo corpo do primeiro grande desafio do Tártaro, que se dissolveu em poeira. Meu véu do Tártaro foi ativado quando a essência dele começou a migrar para minha lente, eu teria as habilidades do cachorro gigante. Respirei fundo para retomar o fôlego, comecei a caminhar novamente atento as bolhas de gosma.

OFF: Quando eu absorver algo com o Véu do Tártaro e você narrar que ganhei mesmo, já posso colocar na ficha?
Código:
Essência do cão Ortros- Cão gigante de duas cabeças e cauda de serpente
Código:
Nível 15
- Cura elétrica II: Nesse nível o meu filho pode restaurar cortes e ferimentos mais graves.
- Voar: Meus filhos voam com auxílio dos ventos, com total facilidade como se houvesse nascido no ar.
Nível 17
-Controle de eletricidade avançado: Meu filho meu filho tem total controle sobre a eletricidade.
♦ Nível 9 ♦
Concentração - sua mente e focada e pode direcionar sua atenção para onde desejar com facilidade e até dividi-la, tendo a capacidade de pensar em até 7 coisas simultaneamente, o que possibilita um raciocínio mais amplo e veloz além de imunidade a habilidades que atacam exclusivamente a mente.





Prince of Olimpo, Lord of the Time.
--------------------------------------------
@Lilah

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Ter Jan 07, 2014 6:04 pm

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


O garoto havia conseguido matar ortros, mas, mesmo absorvendo a essência do monstro, parecia que Ortros tinha deixado para trás algumas gotas do líquido que o formou, logo dois cães iguais a Otros, porém um pouco maiores. Jason precisaria de algo para fazer com que os monstros nao voltassem, não por tempo suficiente para ele sair dali.
Pontos:

• Não narre se você matou as coisas, eu tenho que decidir
• Você deve queimar os rastros para que ele não se formem novamente.
• 2 Ortros
• Você poderá adicionar a essência no final da missão




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Ter Jan 07, 2014 7:37 pm



Lutando com dois cachorros...



Observei o que restava do meu combate, podia sentir a essência do cão de duas cabeças no véu do Tártaro, porém o líquido que se formou logo depois da morte do Ortros deu origem a dois seres daquele e maiores, dei um passo para trás segurando Patriis ainda raciocinando, depois de matar aqueles seres eu teria que dar conta das gosmas, talvez fogo seja a melhor solução assim como se faz com as cabeças da Hidra.
- Droga de cachorros...

Alcei voo quando um deles tentou me pegar com ambas as cabeças, expandi meu escudo que apresentava a medusa gravada em alto relevo para defender a patada que o outro tentou aplicar contra meu peito, ainda bem que tenho bastante força e resistência. Resolvi agora ativar o elmo de minha armadura, no mesmo instante estava invisível para os bichos e movimentei os ventos contra mim e fugindo das narinas dos cães, assim eles não poderiam me achar pelo cheiro ou visão, além do que, meus ruídos que eram apenas a movimentação quase silenciosa pelo vento era coberta pelo som alto que o vento provocada. Flutuei com suavidade até chegar perto da cabeça de um dos bichos, abri a mão e uma energia azulada caiu sobre o corpo do bicho o que seria suficiente para lhe desintegrar na mesma hora.

Afasto-me do líquido que se formaria, logo chamas douradas iriam irromper sobre os líquidos que eram seu restos, assim ele não daria vida a novas vidas, pelo menos não por sete dias. O outro Ortros gigante percebera minha localização pelo movimento e energia usada, recebi uma bela patada no peito e cai no chão com força, porém usei minha habilidade jumper e teletransportei para cima do bicho que ainda tentava me achar. Antes que tivesse sucesso desceria um raio contra o corpo do bicho aliado a chamas quando seus restos forem expostos no solo do Tártaro, para que também não de origem a novos cachorros.

Código:
♦ Nível 60 ♦
Energia Primordial III – Você controla a energia por completo, podendo usar tanto para ataque quanto para defesa.
♦ Nível 78 ♦
Chama Dourada IV – As chamas não podem ser apagadas por nada, elas não precisam de oxigênio sendo assim queimam até dentro da água, tudo o que a tocar será queimado. Você tem pleno controle sobre esse fogo e sendo assim só você pode apagá-lo e mesmo que o mate as chamas continuarão acesas por sete dias.
♦ Nível 10 ♦
Jumper - Você pode se teleportar para qualquer lugar no mundo, desde que tenha uma imagem dele, tanto em fotografia quanto em memória. Ao olhar a imagem você também pode ver como se estivesse lá, deixa um rastro de energia.
Nível 18
-Controle do ar avançado: Meu filho pode produzir altas quantidades de ventos.
Nível 27
-Relâmpago III: O raio de meu filho é mais forte do que os raios que eu mando para terra, sendo que o gasto energético é de 40 pontos.






Prince of Olimpo, Lord of the Time.
--------------------------------------------
@Lilah

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Ter Jan 07, 2014 7:59 pm

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


O fogo deu certo e agora Ortros não iria voltar, não por enquanto, Jason precisava avançar em seu caminho, o Flegotonte continuava ser curso, havia um cantil no chão, um cantil de água do Flegotonte, talvez alguém estivesse passado por ali ou... Talvez estivessem querendo enganá-lo. Jason deveria continuar seu caminho.
Pontos:

• Narre sua reação ao encontrar o cantil.
• Termine o post chegando a uma floresta de árvores sobrias.
• Prazo: 48hs (23:00hs de 09/01/14 - Horário de Brasília)




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Ter Jan 07, 2014 8:33 pm



Dúvidas...



Depois de derrotar os cães gigante continuei meu caminho, resolvi seguir o rio de fogo que levaria para as profundezas do Tártaro, se minha teoria estivesse certa e o lugar fosse realmente o corpo do ser primordial, possivelmente seu interior fosse o coração. Após alguns minutos caminhando, percebi um cantil caído na margem do rio.

Meu corpo se enrijeceu como se um combate estivesse perto, minha espada já fora mudada para posição de combate e meu olhar rondou o local, porém nada foi avistado, se quer um monstro. Aquele cantil só poderia ser usado por algum ser que tenha polegares e que conheça sobre a lenda do rio de fogo, logo um monstro híbrido com homem, semideus ou outro gigante. Aquilo começou a mexer comigo, será que alguém vinha me vigiando e viajando a frente para manter os olhos em mim e certificar que eu não chegue até o Alcioneu?

Afastei aquelas ideia se continuei a andar, porém agora eu observava a cada dez passos minhas costas, lados e tudo que poderia, temia uma emboscada e quando achei árvores negras e estranhas às quais o Flegotonte continuava seu leito, minhas dúvidas apenas aumentaram. Mesmo assim só tinha a opção de seguir.






Prince of Olimpo, Lord of the Time.
--------------------------------------------
@Lilah

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Qua Jan 08, 2014 11:53 am

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


A medida que se avançava na floresta, o rio do Fogo corria pelas árvores sombrias, barulhos começaram a ser ouvidos, de repente, várias dracaenaes apareceram, elas sorriam, eram cerca de 40 monstros que prendiam Jason, se colocando ao redor dele, o garoto estava encurralado e não conseguiria lutar com tantas dracaenaes assim, não sozinho. 4 cães infernais apareceram diante do garoto, mas não para atacá-lo, e sim ajudá-lo, mesmo assim todas aquelas dracaenaes eram muito fortes, eles precisavam escapar, fugir delas, se tentassem derrotar todas, algo ruim poderia acontecer.
Pontos:

• Não derrote as dracaenaes, dê um jeito de deixá-las ocupadas para poder fugir.
• 4 cães infernais para lhe ajudar.




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Qua Jan 08, 2014 12:08 pm



Encurralado...



A medida que se avançava na floresta, o rio do Fogo corria pelas árvores sombrias, barulhos começaram a ser ouvidos, de repente, várias dracaenaes apareceram, elas sorriam, eram cerca de 40 monstros que prendiam Jason, se colocando ao redor dele, o garoto estava encurralado e não conseguiria lutar com tantas dracaenaes assim, não sozinho. 4 cães infernais apareceram diante do garoto, mas não para atacá-lo, e sim ajudá-lo, mesmo assim todas aquelas dracaenaes eram muito fortes, eles precisavam escapar, fugir delas, se tentassem derrotar todas, algo ruim poderia acontecer.

Interessante que todas as árvores e locais que observava ali dentro pareciam iguais, ainda mais com a névoa que pairava no lugar, bem estranho. De repente, escutei alguns barulhos estranhos, corpos se arrastando e dois ou três sibilares que se multiplicavam incontavelmente. Levantei minha espada, contudo quando pensei em atacar eu já estava cercado por quatro dezenas de mulheres cobras prontas para me atacar.

Para piorar a situação um pequeno grupo de cães infernais surgiu ao meu redor me forçando a segurar mais firme a espada, mas os animais se viraram para as dracaenae me fazendo perceber que eram enviados de Hades, sorri de leve. Usei um dos poderes dos Senhores do Tempo, o qual me deixou invisível e intagível, logo sumi em meio aos cães e para que as mulheres não ficassem preocupadas demais comigo, fiz com que dez guerreiros avermelhados, armados com lanças e escudos, aparecessem e atacassem. Aproveitando essa distração, eu sairia voando em silêncio enquanto o barulho de combate ardia logo atrás.

Código:
Nível 47
-Exército Kourete: Agora meu filho pode convocar dez guerreiro Kouretes com armaduras vermelhas, lanças elétricas e escudo poderosos.
Forma Incorpórea I – nessa forma você se torna tanto invisível quanto intangível [dura 1 rodada – gasta 30 de energia]





Prince of Olimpo, Lord of the Time.
--------------------------------------------
@Lilah

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Qua Jan 08, 2014 12:27 pm

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


As dracaenaes pareciam bem ocupadas com os guerreiros e com os cães infernais, mas uma das dracaenaes, pecebendo certa movimentação, gritou para as amigas que o garoto estava fugindo, antes de ser transformada em pó por um ataque conjunto de um guerreiro e de um cão. 10 dracaenaes seguiam Jason, quando ele parou às margens do Flegotonte para beber um pouco da água "restauradora" e desfez a invisibilidade/intangibiliade, uma lança raspou seu rosto e outra sua perna, causando ferimentos, o garoto começou a correr novamente.
Pontos:

• Prossiga até achar uma casa abandonada (entre nela para fugir das dracaenaes)




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Qua Jan 08, 2014 7:14 pm



Fugindo de mulheres cobras...



Batalha fervia as costas, mulheres gritavam, cães latiam, kouretes atacavam sem parar e eu flutuava como um fantasma fugindo da confusão, era melhor eu guardar minha energia para um combate maior como contra um gigante, por exemplo. Segui o caminho até parar nas margens do rio, queria beber um pouco daquela água para restaurar minhas energias, porém senti uma lança atingir de raspão meu rosto e outra cortar minha perna, parecia que algumas dracaenae estavam marchando para o rio de chamas, então comecei a flutuar de novo.

Elas não pareciam desistir, logo fiz uma neblina surgir enquanto eu flutuava, encontrei uma casa que parecia abandonada, pareceu uma boa ideia me refugiar ali, então entrei no lugar empunhando minha espada e pronto para lançar uma bola de fogo se alguém me atacasse.

Código:

Nível 17
-Controlar névoa: Meus filhos podem criar uma névoa densa que dificulta a visão de quem ele quiser.




Prince of Olimpo, Lord of the Time.
--------------------------------------------
@Lilah

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Qui Jan 09, 2014 8:54 am

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


O garoto andava pelo piso de madeira fraco da casa, que ameaçava ceder a qualquer hora, havia uma grande escada de madeira, porém quando Jason deu o primeiro passo em direção a ela o piso ceder, o garoto caiu em um lago negro, praticamente não havia luz ali, coisas começaram a parte submersa na água do corpo de Jason. Logo várias criaturas recheavam todo o lago, não havia passagem alguma, eram criaturas antigas, esquecidas nos primórdios do tempo, pareciam habitar aquele lago no Tártaro, as criaturas estavam submersas na água, mas era possível ver suas pequenas formas, elas começavam a se aglomerar, puxando o pé de Jason e tentando afogá-lo.
Pontos:

• Se livre dos Grindylows
• Imagens: Grindylows




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Qui Jan 09, 2014 8:24 pm



Me larga...




A casa parecia realmente abandonada e para piorar o piso, teto e escada estava totalmente danificada, porém eu achava ser um lugar seguro para retomar um fôlego, tudo mudou quando dei um passo. O chão cedeu, nesse momento passou pela cabeça que tudo no Tártaro é uma armadilha pronta para lhe pegar, não tive tempo de reagir e já estava flutuando em água escura e sem tanta luz.

Seres estranhos começaram a me puxar, pude ver que tinham pernas como um polvo, cabeça e braços assim como pequenos humanos, uma mistura estranha de monstrinhos vindos das profundezas que me agarravam para afogar. Meu corpo aqueceu levemente e uma corrente elétrica cobriu meu corpo sendo expelida pela água com voltagem máxima, iria dar um belo choque em todos os bichos e eu poderia flutuar e fugir daquela água.

Código:
Nível 17
-Controle de eletricidade avançado: Meu filho meu filho tem total controle sobre a eletricidade.





Prince of Olimpo, Lord of the Time.
--------------------------------------------
@Lilah

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Sex Jan 10, 2014 1:35 pm

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


O garoto logo conseguia escapar dos monstros, mesmo que alguns tivessem resistência a eletricidade, a descarga foi forte. O garoto logo estava de volta no Flegetonte, até que uma flecha raspou a perna do garoto e caiu no rio, o garoto sentiu seus poderes indo embora enquanto entrava em outra casa, o que dificultaria ainda mais a volta dos poderes, a etapa final e a mais perigosa, antes de enfrentar o gigante, começava. Jason precisava atravessar a casa da noite sem poderes.
Pontos:

Sem poderes ou bençãos até sair da casa da noite.




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Sex Jan 10, 2014 6:33 pm



Onde estou?




Sai daquela casa o mais rápido possível, estava meio molhado e minha energia gasta era superior ao combate na praia alguns dias atrás, provavelmente era algum efeito do Tártaro esse cansaço repentino. Resolvi manter meu caminho ao lado do leito de chamas, era o modo mais fácil de orientação e de como chegar ao centro desse lugar, contudo uma singela flecha mudara todo meu destino. Senti o corte na minha perna, pena que perdi o equilíbrio e cai nas águas ferventes do rio.

Enquanto nadava ou sei lá o que fazia naquela água que estranhamente não me feria, eu notei que adentrei em uma morada escura e para piorar as coisas, senti que minhas habilidades haviam caído, tanto que meu olhar antes capaz de ver até os mais minuciosos movimentos, voltara ao seu estado normal. Onde eu estava?





Prince of Olimpo, Lord of the Time.
--------------------------------------------
@Lilah

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Sab Jan 11, 2014 10:33 am

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


A casa da Noite era enorme e escura, se Jason não prestasse atenção iria acabar caindo, e foi o que aconteceu, infelizmente o precipício era pequeno, mas uma pedra caiu na cabeça do garoto o deixando desacordado, logo ele estava numa sala, uma mulher de cabelos negros e olhos azuis, com um vestido estampado com estrelas e uma lua estava na frente de Jason. Aquela com certeza era Nyx, a deusa da noite, ela parecia bem enfurecida.
Informações:

• Você está amarrado numa cadeira mágica e com a boca e os olhos vendados, apenas narre sua reação.




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Sab Jan 11, 2014 5:08 pm

De repente senti algo acertar minha cabeça, talvez até meus sentidos de combate e de percepção muitas vezes fora do comum estava falhando e eu desacordei. Quando retomei a consciência estava amarrado e com o  rosto rapado, ouvi os passos de alguém entrando e pela sutileza era de uma moça. Apenas aguardei.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Sab Jan 11, 2014 5:13 pm

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


-O que exatamente você quer em minha casa?
Nyx pegou uma espada negra brilhante de uma mesa perto de onde Jason estava e com um único corte a mão do garoto foi arrancada fora, a deusa falou:
-Certo, eu sou assim, primeiro arranco sua mão, depois te faço as perguntas, aí depois se não for mais últil para mim, eu te mato numa morte lenta e com muito sangue. Então é melhor ter uma boa história e contá-la rápido.
Informações:

• A decisão é sua, ou conta e fica à mercê da deusa ou não conta e espera para ver o que ela fará.




thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Convidado em Sab Jan 11, 2014 5:19 pm

-O que exatamente você quer em minha casa?
Disse uma mulher e depois senti um corte, além da dor enorme em meu braço, não sentia mais minha mão e a mulher havia me retirado. Durante a dor eu escutava ela continuar a falar, concentrar em sua voz era praticamente impossível.
-Certo, eu sou assim, primeiro arranco sua mão, depois te faço as perguntas, aí depois se você não me responder ou não for mais últil para mim, eu te mato numa morte lenta e com muito sangue. Então é melhor ter uma boa história e contá-la rápido.

- Hades pediu que eu viesse ao Tártaro para tentar derrotar um de seus inimigos, o qual irá tentar lhe destronar. Depois que eu entrei nessa terra eu fui cercado por alguns seres às margem do rio de fogo e recebi um ataque direto caindo nas águas. Acho que o curso do rio me trouxe aqui, não foi premeditada minha vinda até sua casa, eu queria apenas continuar meu percurso para o centro do Tártaro. Peço perdão pelo mau entendido e por ter entrado em sua casa.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Éter em Sab Jan 11, 2014 5:48 pm

Não tenha piedade dos mortos,
Tenha piedade dos vivos,
e, acima de tudo, dos que vivem sem amor.


A mulher fez uma linha de sangue no braço de Jason e falou:
-Você pode alcançar seu destino ao atravessar minha casa, eu não deixaria, mas adoro me divertir com a desgraça dos semideuses. Será que você consegue atravessar?
A deusa sumiu e Jason estava livre, tinha suas armas, porém as mesmas estavam sem poderes, assim como ele, agora havia duas portas, se escolhesse a da direita, com uma lágrima, aconteceria algo, se escolhesse a da esquerda com uma maça mordida, aconteceria outra coisa.
Informações:

• Terá de escolher uma das portas, elas levam a caminhos diferentes, porém ambas levam ao coração de tártaro.



thanks tess
avatar
Éter
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 330
Data de inscrição : 24/12/2013
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)
HP:
999999999999999999/999999999999999999  (999999999999999999/999999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viagem ao Centro do Submundo [MISSÃO]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum