Não é o que parece! - Missão interna para Jace Wayland Armstrong - One-Post

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Não é o que parece! - Missão interna para Jace Wayland Armstrong - One-Post

Mensagem por Poseidon em Qua Dez 04, 2013 11:32 pm

Não é o que parece!
Confusão, briga, logo comigo?



A prole de Eter se encontrava na praia sentado ao lado de Lindsay, filha de Perséfone. Os dois apenas conversavam esclarecendo dúvidas uns dos outros, quando a paz dos dois lhe foram tiradas.
Mark que namorava Lindsay havia acabado de chegar no local, acompanhado de dois irmãos. O rapaz não gostou nem um pouco de ver Jace com Lindsay e tirou suas próprias conclusões, entendendo que os dois estavam ali "ficando".
O garoto partiu para cima de Jace e a briga começou...

..............................................................

Pontos obrigatórios:
1) Narre como e porque você foi à praia aquele dia. Diga também como encontrou a filha de Perséfone e sobre o que conversavam.
2) Narre como foi o momento em que Mark chegou ao local e como começou a briga
3)Narre a batalha com ele, que a proposito é filho de Ares
4)Quando estiver quase ganhando a batalha os outros dois semideus, também filhos de ares, entram na briga. Daí em diante será você contra três
5) Ganhe a batalha
6)Encerre a missão narrando sua inda para enfermaria, para que seus ferimentos fossem curados.(Opicional)

..............................................................
Condições dos players:
Jace Wayland Armstrong = Filho de Eter/  Nível 8 / Energia: 170/170 / HP: 170/170
Mark(NPC)= Filho de Ares/ nível 4 / Energia: 130/130 / HP: 130/130
Os outros dois filhos de Ares(NPC's): Nível 2 / Energia 110/110 / HP: 110/110

..............................................................
Dicas:
-Nos dois primeiros pontos obrigatórios tente explorar bastante os sentimentos de seu personagem, narre o que ele sentia, o que pensava, o que estava vivendo.
-Na batalha explore golpes e poderes tanto de você quanto dos outros semideuses
-O último ponto é opcional, você pode encerrar a missão daquela forma ou inventar um final criativo, faça a sua escolha

..............................................................
Regras:
-Prazo de postagem: 48 horas;
-Armas: 3 no máximo, colocar as armas levadas no final do post em spoiler ou cod.;
-Poderes: Colocar os poderes usados no final do post em spoiler ou cod.;
Obs:  Colocar tanto os seus poderes quanto o de seus adversários, se eles usarem.


Boa sorte ! Me surpreenda !

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

credits @
avatar
Poseidon
Deuses Maiores
Deuses Maiores

Mensagens : 236
Data de inscrição : 04/12/2013
Localização : No mar

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
99999999999999999/99999999999999999  (99999999999999999/99999999999999999)
HP:
99999999999999999/99999999999999999  (99999999999999999/99999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não é o que parece! - Missão interna para Jace Wayland Armstrong - One-Post

Mensagem por Convidado em Qui Dez 05, 2013 11:38 am

Os dias estavam cada vez mais sem graça, isso por que a Maya estava distante novamente do acampamento provavelmente em uma nova missão para Hécate, por que ela virou uma imortal? Sai do meu chalé vestindo uma calça jeans comum, uma camiseta cinza sem estampa ou costura diferente, um tênis branco nos pés e as únicas coisas que eu carregava de diferente de um adolescente de 14 anos era uma espada pendendo as costas e uma adaga presa à cintura.

Meus planos eram simples, comer alguma coisa leve no refeitório, seguir e praticar com minhas armas na Arena e depois descansar, mas depois de comer alguns biscoitos e tomar um pouco de suco de laranja, que acabou com o apetite voraz que tenho quando acordo, resolvi dar uma passada na praia, sentar e relaxar um pouco vendo as ondas e sentindo a leve brisa daquele lugar. Arrastei meu corpo pelo caminho, minha mãe, quando viva, dizia que eu acabaria tento um problema de postura por andar tão desleixado, mas na verdade nunca ocorreu. Ao pisar na areia eu só lembrava- do encontro com a minha namorada no fast food, nada romântico, mas com ela se transformava em algo especial, nem notei que havia alguém sentada na beira-mar.

Somente quando voltei a minha atenção para o mar, percebi uma menina com camiseta laranja e cabelos negros presos nas costas com um rabo de cavalo. Talvez ela tenha percebido minha presença ou aleatoriamente se sentiu seguida ou observada, muitas vezes ocorra comigo, e ela olhou por ciam do ombro revelando sua pele alva como a neve e olhos castanhos claros, além de um belo sorriso. Retribui com um sorriso forçado, sentei ao seu lado e apoiei minha espada ao meu lado, dizendo:
- Espero que não esteja te atrapalhando aqui.
- Na verdade não, apenas estou esfriando a cabeça, meu nome é Lindsay.
- O meu é Jace, você está tendo algum problema por aqui?
- Sim, adaptação é algo difícil para uma semideusa novata filha de Perséfone, lutar e treinar para matar, assusta-me demais. – Cada palavra que ela disse se assimilava ao que falei a Maya, quando ela me salvou de um lestrigão em um orfanato, ser um semideus e ter que matar para me proteger sempre me afligiu até que cravei a adaga que carrego na cintura em um cão infernal em uma rodoviária, agora acabo enfrentando cada batalha com o mesmo olhar indiferente que enxergo uma borboleta voar ou um cachorro latir. Algo do cotidiano.
- Você se acostuma com o tempo...- Duas coisas ocorreram ao mesmo tempo dando início a uma série de interpretações erradas.

Eu toquei o ombro dela levemente como quem acalma uma criança assustada, mas ao mesmo tempo um rapaz chegava por trás sem fazer questão de não fazer barulho ou gritar que eu tirasse a mão dela. Olhei de lado enquanto me levantava, Lindsay fez o mesmo trocando o sorriso meigo por um ar de preocupação. O garoto tinha um corpo malhado, cabelos cortados de foram militar e camiseta vermelha sem mangas, o que me chamara atenção realmente fora sua espada cruzada ao peito.
- Que palhaçada é essa ai Lindsay?
- Não é nada que você está pensando...
- Eu não estou pensando, estou vendo, você com esse moleque na areia, só os dois e de conversa, não aceito traição.- Disse Mark apertando o pulso da menina com força, pude ver as juntas dos dedos dele ficarem brancos e o braço dela marcado. Naquele momento eu recuperei minha espada e joguei as costas enquanto dizia:
- Larga ela, não fizemos nada.
- Cala sua boca moleque.
- Não calo, larga logo...
Fui interrompido pelo movimento de um soco da garoto que me pegou da guarda baixa enquanto dois de seus irmãos, que vieram junto ao garoto riam e falava que o irmão era o melhor pugilista do acampamento. Apenas virei o rosto com o golpe, foi forte, mas já enfrentei coisas mais poderosas, apenas girei meu corpo e com um forte chute em sua cintura ele se afastou com tentando se equilibrar. Os garotos que antes estava animados pegaram suas espadas, mas o fortão chamado Mark pediu que eles deixassem isso com ele e desembainhou sua espada de bronze, bem afiada.

Apenas retirei Celeste, minha espada de ouro imperial, de sua bainha nas minhas costas e descrevi um arco na direção do garoto, ele aparou o golpe e tentou me acertar espetando na direção de minha barriga, mas esse é um golpe tão fácil e usado que apenas girei meu corpo deslizando para lateral dele e acertando uma cotovelada na face dele o fazendo recuar com uma linha de sangue escorrendo da boca. Ele veio novamente com dois cortes rápidos, um deles eu defendi com facilidade, mas o outro acertou minha coxa fazendo um leve fio rubro manchar minha calça, mas antes que os torcedores de camarote pudessem reagir eu desci minha espada com um pesado golpe contra ele e depois, sacando minha adaga, deixei um corte diagonal no peito dele.

Lindsay gritou que parasse, eu estava em posição de combate com uma lâmina triangular de 80 centímetros e uma de bronze de 30 pronto para ainda derrotar aquele idiota, meus olhos cortaram ao redor percebendo que seus irmãos se movimentavam me cercando, Mark se aproximava sem pedir que os irmãos saíssem do combate, seria uma luta desigual pelo jeito, dei um sorriso por lembrar de tantas vezes que estive numa situação dessa quando enfrentava perigos maiores apenas para chegar ao acampamento, vamos ver se eles tem capacidade para me deter.

Movi meu corpo para ficar de costas apenas para água, os dois gênios atacaram de uma vez só facilitando que eu protegesse meu corpo com um muro de luz que se solidificou, eles bateram contra a luminosidade e caíram de bunda no chão, Mark avançou pela lateral, mas quando cruzei minha espada eu prendi a lâmina dele e depois chutei seu joelho, brandi o cabo da adaga contra a têmpora do rapaz e me afastei deixando o garoto zonzo. Os seus comparsas se levantaram e um deles me atacou pelas costas, por pouco não recebi uma estocada direta no meio de minhas costas, tive tempo apenas de rolar no chão molhado sentindo a lâmina cortar a lateral de minha barriga.

Reergui meu corpo rápido mesmo que a dor grande atingisse cada ponto do meu corpo fazendo meu olho ficar turvo e meus membros pesados, defendi um arco e desviei de uma estocada, caminhava para trás e o nível da água sempre aumentava até que cada onda tocava meu joelho, estava praticamente cercado, se eu não soubesse voar. Lancei meu corpo para cima voando com extrema facilidade, observei os meninos sendo pegos por uma onda na cintura e aproveitei para terminar com aquele casal, lancei 4 esferas de luz que explodiram e quando a espuma abaixou eles estavam desmaiados.

Pousei logo de frente ao Mark, Lindsay ainda pedia que parássemos, ele recuperara sua espada e me encarava, fitando de vez em quando seus irmãos caídos na beira do mar. Guardei minha adaga sentindo a dor do corte na barriga, o menino avançou e nossas armas se encontraram no ar, ouro e bronze retinindo por duas vezes antes de nos afastarmos. A habilidade do garoto era alta, ele brandia com extrema velocidade e a areia do lugar não parecia lhe afetar, enquanto eu estava cansando e sentindo o golpe levado na barriga, tanto que desequilibrei e perdi minha espada e recebi um soco que me deixou tonto.

Convoquei o ar que passou retalhando o menino com vários cortes, desembainhei novamente minha adaga da cintura e corri para terminar aquilo, joguei meu corpo contra a cintura dele o tombando contra a areia, coloquei minha lâmina contra o pescoço do menino e disse:
- Eu não estava ficando com sua namorada, Mark, agora escute isso.

Ele tentou se soltar, falhou e minha arma pressionou mais o pescoço do garoto contra o chão fofo, Lindsay se aproximou de nós e tocou meu ombro, percebi que estava quase cortando o corpo do garoto, por isso me levantei seguindo pela areia para recuperar minha arma. Guardei minhas lâminas enquanto observei os meninos fazendo as pazes, ele olhou para mim ainda com alguma raiva, mas não tentou mais nada, já a filha de Perséfone me entregou uma flor que poderia minimizar minha dor. Mastiguei as pétalas sem gosto enquanto caminhava em direção à enfermaria, realmente a dor passara momentaneamente e passei o resto da tarde me recuperando de uma briga graças aos ciúmes.

Código:
Voo perfeito: Você pode voar mais não apenas isso, você voa até a camada superior ao céu pode chegar assim ao olimpo mas cuidado se aparecer por lá sem ser convidado os deuses podem puni-lo.

Rajadas cortantes I: Você solta pequenas rajadas de vento que cortam o inimigo

Solidificação da luz I: Você agora é capaz de solidificar uma pequena parte da luz e usa-la a seu favor para ataque ou defesa.

Bolas de luz: Você cria 4 bolas de luz e é capaz de lança-las
Código:
Adaga de Bronze Celestial

☼ Celeste: espada de ouro imperial que emite permanentemente um brilho característico. Tem um formato triangular da base até a ponta.[Obrigatório]

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não é o que parece! - Missão interna para Jace Wayland Armstrong - One-Post

Mensagem por Poseidon em Qui Dez 05, 2013 12:11 pm

Avaliação!!!



Comentários: Achei uma boa missão!
Você seguiu o roteiro perfeitamente, contudo houve pequenos erros de digitação rápida e palavras um pouco mal encaixadas. Só mais uma coisa Jace  procure digitar com mais calma, sem pressa. No mais foi uma ótima missão!
Essa missão foi um teste para que você ingressasse no grupo de Devotos de Hera, então devo lhe parabenizar, pois você passou no teste.


Ao adm que for atualizar:
-Colocar Jace no grupo de Devotos;
-Como era uma missão teste não houve outras recompensas!


Aguardando atualização


Aguardando atualização!

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

credits @
avatar
Poseidon
Deuses Maiores
Deuses Maiores

Mensagens : 236
Data de inscrição : 04/12/2013
Localização : No mar

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
99999999999999999/99999999999999999  (99999999999999999/99999999999999999)
HP:
99999999999999999/99999999999999999  (99999999999999999/99999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não é o que parece! - Missão interna para Jace Wayland Armstrong - One-Post

Mensagem por Ex-Staff02 em Qui Dez 05, 2013 12:17 pm

Atualizado

Ex-Staff02
Indefinidos
Indefinidos

Mensagens : 116
Data de inscrição : 13/11/2013

Ficha do personagem
Level: 1
Energia:
100/100  (100/100)
HP:
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não é o que parece! - Missão interna para Jace Wayland Armstrong - One-Post

Mensagem por Poseidon em Qui Jan 02, 2014 12:50 pm

Tópico bloqueado e encaminhado ao Tártaro!

------------------------------------- PercyJackson -------------------------------------

credits @
avatar
Poseidon
Deuses Maiores
Deuses Maiores

Mensagens : 236
Data de inscrição : 04/12/2013
Localização : No mar

Ficha do personagem
Level: Infinito
Energia:
99999999999999999/99999999999999999  (99999999999999999/99999999999999999)
HP:
99999999999999999/99999999999999999  (99999999999999999/99999999999999999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não é o que parece! - Missão interna para Jace Wayland Armstrong - One-Post

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum